CEO da eToro diz que o blockchain vai “comer” os serviços financeiros tradicionais

A tecnologia irá tomar completamente o mundo das finanças

De acordo com Yoni Assia, CEO e cofundador da eToro, a tecnologia blockchain está pronta para “comer” serviços financeiros tradicionais.

“Assim como a eToro abriu mercados tradicionais para os investidores, queremos fazer o mesmo no mundo simbólico. Queremos trazer ativos de cripto e simbólicos para um público mais amplo, permitindo que eles negociem com confiança. (…) Este é o futuro das finanças. O Blockchain eventualmente irá comer serviços financeiros tradicionais através da tokenização.”

O CEO segue afirmando que “com o tempo, veremos a tokenização de todos os ativos tradicionais, bem como o surgimento de novas classes de ativos, como arte simbólica, propriedade e até IP.”

tokenização poderá abrir oportunidades de investimento para uma gama maior de indivíduos, permitindo a propriedade fracionada de ativos. O uso do blockchain também se mostrou um meio mais barato e eficiente de levantar capital para empresas.

Recentemente o WeBitcoin noticiou que a eToro lançou a eToroX, uma nova exchange de criptomoedas “totalmente regulamentada”, juntamente com oito novas stablecoins, criptomoedas atreladas ao valor de uma moeda fiat ou commodity, criadas para oferecer rapidez e segurança nos pagamentos sem a volatilidade de moedas digitais tradicionais, como Bitcoin e Ethereum.

As stablecoins lançadas pela plataforma serão atreladas a diversas moedas, como o dólar americano, libra esterlina, euro e iene.

Blockchain e o futuro dos serviços financeiros

De acordo com a eToro, a exchange é um “próximo passo natural” para a adoção do blockchain.

A empresa passou a permitir que os usuários negociassem Bitcoin em 2014, sendo uma das primeiras companhias regulamentadas a fazê-lo.

“Estamos orgulhosos em ser uma das primeiras companhias do mundo a obter uma licença para criptoativos, e uma das poucas exchanges regulamentadas no espaço de cripto (…). Nas próximas semanas e meses, iremos adicionar mais ativos, stablecoins e tokens à exchange e iremos trabalhar com outras plataformas para encorajá-las a listar nossa crescente variedade de stablecoins“, disse Doron Rosenblum, Diretor Administrativo da eToroX.

Rosenblum segue afirmando que provavelmente “veremos uma grande transferência de riqueza sempre que serviços financeiros forem movidos ao blockchain. O blockchain traz transparência e um novo paradigma para a propriedade de ativos.”

De acordo com o site oficial da exchange, a eToroX recebeu um certificado de provedor de DLT (Tecnologia de Ledger Distribuído) da Comissão de Serviços Financeiros de Gibraltar.

FONTE: PRIVATE BANKER INTERNATIONAL

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli