CEO da Ripple, Brad Garlinghouse se reuniu com o presidente do Banco Central do Brasil

Reunião ocorreu à portas fechadas

Brad Garlinghouse, CEO da Ripple, realizou uma reunião “fechada à imprensa” com funcionários do Banco Central do Brasil em 30 de maio para discutir “questões institucionais” no país. As principais autoridades da Ripple e do Banco Central do Brasil realizaram a reunião entre 17h e 18h.

Executivos da Ripple se reúnem com funcionários do Banco Central do Brasil

De acordo com o site da Agenda de Autoridades do Banco Central do Brasil, a agenda de Roberto Campos Neto, presidente do banco central, Neto se encontrou on-line com os executivos da Ripple no sábado à noite na semana passada. Embora os principais detalhes da reunião não sejam revelados aos meios de comunicação, a agenda apenas sugere “questões institucionais”.

Três executivos e membros do conselho da Ripple acompanharam o CEO, Garlinghouse – Ben Lawsky, membro do conselho de administração da Ripple, Eric van Miltemburg, vice-presidente sênior de operações globais da Ripple, Luiz Antonio Sacco, vice-presidente de operações globais e Diretor Geral para a América Latina na Ripple.

O Banco Central do Brasil foi liderado por Roberto, acompanhado por João Manoel Pinho de Mello, diretor de organização e resolução do sistema financeiro, e Otavio Ribeiro Damaso, diretor de regulamentação.

Tanto a Ripple quanto os funcionários do Banco Central do Brasil permaneceram em silêncio nas discussões da conferência. Seria possível que a instituição estivesse olhando para uma possível moeda digital do banco central (CBDC) ou plataforma de liquidação?

Sistema de pagamento instantâneo baseado em QR do Brasil

A explicação mais sensata para a reunião pode ser discutir o sistema de pagamento baseado em QR que o banco central está desenvolvendo. PIX, a plataforma de pagamento não-cripto oferecerá soluções de pagamento P2P e B2B no país, com o objetivo de reduzir os custos e melhorar a velocidade das transações.

Fonte: BTC EG

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.