CEO da TRON oferece doação milionária para ajudar a Binance após o hack

Justin Sun decide doar milhões em USDT para ajudar a cobrir rombo da Binance

Recentemente o WeBitcoin noticiou que a exchange Binance foi vítima de hackers e teve mais de 7000 Bitcoins roubados (~US$40 milhões). Aparentemente o saldo desviado foi retirado de um fundo da própria plataforma, de uma carteira que continha 2% do total de fundos de Bitcoin da exchange.

Com o objetivo de ajudar a Binance a cobrir o rombo, o CEO da TRON Justin Sun decidiu doar US$40 milhões em USDT para que a exchange pudesse adquirir outros ativos.

“Para apoiar a Binance, eu irei pessoalmente depositar 7000 BTC (40 milhões de USDT) para a Binance para comprar BNB, BTC, TRX e BTT se CZ concordar.”

Em resposta, o CEO da exchange, Changpeng Zhao (CZ) agradeceu o apoio, mas destacou que não era necessário pois a plataforma irá utilizar o fundo SAFU para cobrir o rombo. CZ aproveitou para agradecer outros parceiros que também se ofereceram para ajudar, e pediu que continuassem as doações para sua filial de caridade.

Zhao também agradeceu as exchanges, como a Coinbase, que se comprometeram a bloquear os endereços utilizados pelos hackers.

De acordo com um comunicado realizado pela Binance, os saques e depósitos estarão indisponíveis por uma semana para que ocorra uma varredura completa de segurança, que incluirá todos os dados e arquivos da exchange. Embora outras operações estejam disponíveis, a plataforma alerta que é possível que os hackers consigam acessar as contas e utilizar informações para tentar influenciar o mercado.

Anteriormente o WeBitcoin noticiou que a exchange Bithumb passou pelo segundo hack em menos de um ano, perdendo cerca de 3 milhões de EOS. De acordo com a plataforma, após uma inspeção foi concluído que o incidente envolveu “pessoas de dentro”, acrescentando que investigações estão sendo conduzidas com a Agência de Polícia Cibernética, KISA e outras companhias de segurança.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli