Charles Hoskinson abre Shelley Summit com grandes planos para Cardano

O fundador da Cardano atualizou a comunidade sobre staking, a nova camada de governança e seus planos para se afastar dos holofotes

O segundo trimestre de 2020 foi muito positivo para a ADA, a criptomoeda da Cardano. O token valorizou 16,3% no ano e superou até o rei dos contratos inteligentes, o Ethereum. Essa tendência de alta vem de atualizações recentes na tão esperada rede principal Shelley, que descentralizará totalmente a Cardano. Durante a Cardano Shelley Summit 2020 da comunidade, esta semana, o fundador da Cardano, Charles Hoskinson, compartilhou sua visão para o próximo ano.

Hoskinson reconheceu a quantidade de tempo que a equipe levou para liberar a Shelley. Na sua opinião, valeu a pena a espera por causa da abordagem formal e da atitude do projeto em relação a “construir as coisas para durar”. Agora, o lançamento da rede principal Shelley está programado para 29 de julho de 2020.

Ele ressaltou que durante a fase testnet, o Incentivized Testnet da Cardano contratou mais de 1.200 proprietários de stake pool. Esses usuários receberão suas recompensas por mais de seis meses de staking em 3 de agosto.

Hoskinson também disse que a equipe já possui um nó Shelley em execução desde 30 de junho. Esse nó abrirá o caminho para outros, testando possíveis problemas antes da rede principal.

Reconhecendo as limitações atuais da Cardano, seu fundador mostrou que a equipe entende a importância do financiamento descentralizado (DeFi) e dos aplicativos descentralizados (dApps). Ele afirmou que a rede terá tokens nativos, bem como o ERC-20 no Ethereum® – mas com um design melhor.

Ele espera que o novo padrão de token apareça na rede nos próximos 120 dias.

Ao contrário de outras redes, há um número substancial de proprietários de pools de ações atuando como fornecedores de serviços relacionados à Cardano, disse Hoskinson. Esses serviços incluem oráculos, fragmentação e interoperabilidade. No futuro, ele prevê que as pessoas possam se conectar a esses serviços via API.

Expansão do ecossistema

A grande aposta da Cardano é em linguagens de programação funcionais, como Haskell. No momento a comunidade de desenvolvimento para linguagens de programação funcionais é ignorada por outras blockchains como o Ethereum, dando uma vantagem à rede, de acordo com Hoskinson.

Além de apenas apostar nos desenvolvedores para ingressar na rede, a Cardano está investindo muito dinheiro na promoção de novos talentos.

Charles falou sobre a parceria com a Wave Financial em uma Joint Venture chamada cFund, que traria desenvolvedores de DeFi e dApps para o ecossistema da Cardano. Espera-se que a cFund forneça US$ 20 milhões aos desenvolvedores que desejam construir na rede. O site será lançado em julho.

Além da cFund, a Cardano fornecerá 100 milhões de tokens ADA em “fatias” à comunidade para financiar projetos e pessoas que desejam melhorar a rede. Além dos desenvolvedores, pode haver pessoas com experiência que Hoskinson chamou de “classe de especialistas”.

Na sua opinião, pessoas com conhecimento relevante do domínio, mas não envolvidas na Cardano, podem ser contratadas pela comunidade como consultores.

Governança On-Chain

Espera-se que a Voltaire, a camada de governança da rede, seja lançada ao lado da Shelley, acrescentou Hoskinson.

Isso deve permitir que a comunidade se envolva mais na direção da rede, alocando fundos para pessoas e projetos promissores e votando em decisões críticas.

Para o processo de votação, a Cardano firmou parceria com a Submittable, uma empresa de software de gerenciamento de envios, com planos de facilitar a votação⁠ – até dando às pessoas a opção de votar por aplicativo móvel.

Para formalizar a governança, a equipe implementou uma estrutura de proposta de melhoria, semelhante aos BIPs do Bitcoin e aos EIPs Ethereum. A proposta de melhoria da Cardano será chamada de CIP. A Fundação Cardano já lançou o primeiro CIP, descrevendo o procedimento padrão para a criação de futuros.

O rosto de Cardano, por enquanto

Apesar de seu desejo de permanecer no projeto ao longo da vida, Charles Hoskinson não quer ser o rosto da rede para sempre. Consistente com um ethos descentralizado, ele gostaria de se tornar apenas uma parte interessada em uma comunidade vibrante.

Fonte: CryptoBriefing

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.