Charles Hoskinson, da Cardano, propõe parceria com a Litecoin

Seria possível uma parceria entre Litecoin e Cardano, duas das maiores representantes da industria cripto?

O cofundador da Cardano e CEO da IOHK, Charles Hoskinson, apresentou um acordo de parceria com o criador da Litecoin e funcionário formal da Coinbase, Charlie Lee. Hoskinson disse que adoraria fazer parceria com a Litecoin para testar a comunicação “cross chain” *entre cadeias) entre a rede Cardano e a rede Litecoin. Curiosamente, o cofundador da Litecoin também está interessado em um acordo nesse sentido.

Charlie Lee e Charles Hoskinson não colaboraram em nada antes, mas parece haver um sinal de que os dois fundadores estão trabalhando juntos para melhorar a indústria de criptomoedas. Hoskinson disse que a comunidade da Cardano tem muitas ideias que podem ser adotadas e alcançadas em colaboração pelas duas redes.

É válido ter em mente que parceria é algo importante no setor de criptomoedas. Todo projeto busca colaborações de diferentes setores para aumentar a adoção.

Charles Hoskinson Litecoin

“@SatoshiLite seria ótimo fazer algo juntos. Adoro a ideia de testar a comunicação cross chain entre Litecoin e Cardano. Temos muitas idéias e tenho certeza que vocês também” – enunciou Hoskinson.

 

“Claro!” – respondeu Lee.

Cross Chain é a próxima grande parada das criptos

As ideias de cross chain estão sendo apontadas como a próxima grande novidade da indústria cripto. Recentemente houve informações generalizadas no espaço de que mais de 10.000 BTCs estão agora na rede Ethereum. A nobre ideia de DeFi no mundo cripto está trazendo benefícios inimagináveis.

No momento, 72% do BTC na rede Ethereum está envolto em Bitcoin (WBTC), com a maior porcentagem vindo do RenBTC, que recentemente saltou para 926 RenBTC de 125 RenBTC.

O ZCash e o Bitcoin Cash também podem ser adquiridos na rede Ethereum usando Ren Virtual Machine (RenVm).

Parceria entre Litecoin e Cardano pode ser frutífera?

A parceria entre Litecoin e Cardano, se finalmente selada, tem todos os motivos para ter sucesso. O mesmo aconteceu entre a Litecoin e a TokenPay depois que os dois discordaram sobre o financiamento coletivo da Verge Foundation, amplamente apoiado pelos membros da equipe da TokenPay.

O crowdfunding resultou na Verge (XVG) trazendo o PornHub e alguns outros sites adultos para o mundo das criptomoedas.

A parceria terminou em uma briga muito intensa entre Charlie Lee, da Litecoin, e Derek Capo, CEO da Token Pay, na medida em que Charlie alertou o Pornhub a evitar Verge e aceitar criptos como “BTC, LTC e XMR”.

Charlie estava certo de que a parceria foi induzida com dinheiro e não tinha nada realmente importante para adicionar ao mundo das criptomoedas, pois ele acha que o Pornhub teria feito uma coisa boa ao adotar “mais do que apenas Verge”.

Embora Charlie tenha concordado mais tarde que a colaboração era um passo à frente, no entanto, adotar apenas Verge (XVG) era o problema.

Após a discórdia entre Charlie e Derek Capo, os dois cofundadores concordaram em colaborar em um assunto não revelado.

Litecoin adquiriu participações no WEB Bank

A colaboração iniciada no Twitter fez com que a Litecoin adquirisse uma participação no WEG Bank, Alemanha, em julho de 2018. A TokenPay transferiu sua participação de 9,9% no WEG Bank para a Litecoin, e a última se ofereceu para fornecer serviços e marketing de tecnologia de ponta para TokenPay em troca.

A declaração da TokenPay mostrou que o Litecoin ajudará a trabalhar na troca descentralizada eFin, criptografia TPAY, TokenSuisse Asset Management, plataforma WEG Bank FinTech, plataforma multisignature transaction Engine e muitos outros.

Fonte: News Logical

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.