Cidade paulista liderou ranking de pesquisa sobre Bitcoin no final de junho

Urbe paulista chega ao primeiro lugar no ranking de pesquisa sobre Bitcoin no Google

De acordo com o CoinTelegraph, na semana que antecedeu o dia 29 de junho, a cidade de São José do Campos-SP liderou o ranking de pesquisas sobre Bitcoin.

Acompanhando em segundo lugar estava a cidade gaúcha de Caxias do Sul, seguida pela Cidade de Benin, na Nigéria. Apesar da liderança, o Brasil ocupava o 6º lugar entre o ranking do período, que viu um pico de pesquisas do dia 26, quando o Bitcoin atingiu a nova alta anual.

Atualmente o estado brasileiro líder em pesquisas é Roraima, seguido pelo Rio Grande do Sul e Amapá. O estado de São Paulo entra na 5ª posição, e o Rio de Janeiro da 11ª. No período citado anteriormente, o Rio Grande do Sul ocupava a primeira posição nas pesquisas.

WeBitcoin: Cidade paulista liderou ranking de pesquisa sobre Bitcoin no final de junho
Mapa da relação do nível de interesse/pesquisa dos estados brasileiros em relação ao Bitcoin nos últimos 7 dias. FONTE: Google Trends

Tanto na última semana quanto atualmente, o ranking mundial é liderado pela Nigéria, que registrou os primeiros picos de pesquisa em janeiro de 2017, meses antes da alta histórica. No dia 29 de junho, o país chegou muito próximo a romper o nível de pesquisas registrado em dezembro de 2017, apresentando uma queda logo em seguida.

Mesmo apresentando níveis de crescimento, a economia nigeriana ainda sofre com a instabilidade política e a dependência da exportação do petróleo, tornando o Bitcoin – como ativo descentralizado e independente de governos – um grande atrativo de investimento.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli