Cinco altcoins que mais perderam com a queda do Bitcoin

Bitcoin despenca e puxa o mercado cripto para baixo

A queda de ontem no Bitcoin surgiu do nada e derrubou completamente o mercado cripto. Muita gente foi pega desprevenida, com um número enorme de liquidações ocorrendo nos longs da Bitmex. Embora a queda tenha iniciado no Bitcoin, quem realmente pagou a conta foram as altcoins.

Nesse texto citarei as 5 altcoin que, pouco menos de 24 horas decorridas da queda, mais perderam valor por conta da queda do BTC. Um detalhe importante é que esse texto dará atenção apenas às moedas do top 20 em capitalização de mercado do CoinMarketCap.

Mercado de altcoins em queda

Falamos mais cedo, de forma mais geral, sobre o tamanho do desastre. Ao todo o mercado de altcoins perdeu mais de 100 bilhões em valor de mercado.

No top 10 das principais criptomoedas (excluindo a Tether) o cenário é de perdas que somam, em média, 8%, representando uma queda bem mais acentuada que a do Bitcoin.

 

EOS

Atualmente na oitava posição do ranking do CoinMarketCap, a EOS chegou a estar perdendo mais de 18% de valor no momento central da queda do BTC, conseguindo se recuperar parcialmente nas horas adiante. No momento da redação desse texto a EOS é negociada por US$ 3,96, registrando uma perda de 12,23% nas últimas 24 horas.

altcoins

 

Tron (TRX)

Com 12,05% de perdas e na décima quinta posição do ranking das criptomoedas, a Tron é a segunda maior perdedora com a queda do BTC até o momento. Nesse momento a TRX troca de mãos por US$0,019575.

 

Litecoin (LTC)

Como a terceira maior perdedora na queda do BTC temos a “prata digital”. Assumindo a sétima posição no raking do ranking das criptomoedas, a Litecoin viu perdas massivas e esboçou pouco poder de reação nas últimas 24 horas. Cotado atualmente por US$ 68,59, o LTC acumula 11,45% de perdas.

altcoins

 

Bitcoin Cash (BCH)

O quarto maior perdedor é também o quarto colocado no ranking do CoinMarketCap. Com uma desvalorização de 11,14%, o Bitcoin Cash passa longe de conseguir sair impune à queda do Bitcoin Core. A moeda é negociada por US$367,63 durante a redação desse texto.

 

Chainlink (LINK)

Por último, mas certamente tão importante quanto as anteriores, temos a Chainlink. Vale lembrar que a LINK é a queridinha de muitos traders atualmente, ficando com a décima primeira posição no ranking das criptomoedas por capitalização de mercado.

Atualmente negociada por US$ 4,22, a LINK registra perdas de 10,99% nas últimas 24 horas.

altcoins

*Todos os gráficos mostrados nesse texto foram obtidos através da plataforma TradingView

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.