Cliente tenta sacar $20 trilhões em criptomoedas após descobrir falha em exchange

Criptomoedas grátis!

De acordo com noticiários, um erro no sistema de uma exchange de criptomoedas japonesa fez com que um usuário tentasse sacar uma quantidade enorme de bitcoins.

De acordo com o veículo de informações Reuters, na semana passada, a exchange Zaif, operada pela empresa japonesa Tech Bureau Corp., apresentou uma breve falha que permitiu que traders fizessem compras cripto gratuitamente.

Assim que clientes ficaram sabendo do erro, alguns tentaram se aproveitar do período de 20 minutos para obter moedas gratuitamente. De acordo com o veículo de notícias japonesas Asahi Shimbun, durante a vulnerabilidade, um cliente até mesmo definiu uma solicitação de bitcoins no valor de 2.200 trilhões de ienes ($20 trilhões de dólares) e logo em seguida, rapidamente os vendeu.

A Tech Bureau Corp. anunciou ontem que o incidente ocorreu no dia 16 de fevereiro, explicando que sete clientes tinham obtido criptomoedas gratuitamente.

Em seguida, a empresa cancelou as transações e corrigiu os saldos dos usuários, afirma Asahi. No entanto, uma fonte da Reuters sugere que a correção ainda está sendo negociada com um dos sete usuários que tentou remover os bitcoins gratuitos da plataforma Zaif.

Segundo a Asahi, pelo menos um cliente tentou revender seus bitcoins, mas a grande quantidade de criptomoedas à venda rapidamente chamou a atenção, mesmo fora da exchange.

Leia mais: Hackers utilizam sistema da Tesla para minerar Bitcoin

Governo japonês em alerta

Um oficial da Tech Bureau se desculpou pela falha e disse que a empresa irá tomar medidas para evitar que tais problemas ocorram novamente.

As notícias surgiram em meio à forte pressão que exchanges japonesas estão sofrendo após a Coincheck ter sido vítima de um dos maiores hacks da história em Janeiro. A autoridade financeira do país, a FSA (Financial Services Agency), foi instruída pelo governo a fazer inspeções em várias exchanges não licenciadas para avaliar seus níveis da segurança.

Além disso, ontem, uma reportagem sugeriu que um grupo de exchanges de criptomoedas está se unindo para desenvolver um novo órgão autoregulamentar em virtude do hack ocorrido na Coincheck.

Fonte: Coindesk.com

Foto de Andre Cardoso
Foto de Andre Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/