Coinbase perdeu 60 funcionários por postura “apolítica”

Cerca de 5% dos funcionários deixaram a empresa por divergências de teor político

Sendo a principal exchange de criptomoedas dos Estados Unidos, a Coinbase disse a seus funcionários que eles poderiam aceitar o “pacote de saída” e deixar a empresa se não se sentissem à vontade com a posição “apolítica” da empresa. O CEO da Coinbase, Brian Armstrong, anunciou hoje em um blog que 60 pessoas, ou “cerca de 5% dos funcionários”, optaram por deixar a empresa. Ele também incluiu um e-mail no blog, que havia enviado anteriormente aos funcionários. O e-mail da empresa afirmava:

“Para aqueles de vocês que decidiram seguir em frente, quero agradecer por suas contribuições para a Coinbase e desejamos o melhor. E para aqueles de vocês que estão optando pelo próximo capítulo, quero agradecer por sua confiança e compromisso com esta missão.

 

Eu ouvi uma preocupação de alguns de vocês de que este esclarecimento teria um impacto desproporcional em nossa população minoritária sub-representada na Coinbase. Foi reconfortante ver que as pessoas de grupos sub-representados na Coinbase não aceitaram o pacote de saída em números desproporcionais à população em geral. Continuaremos a ficar de olho nisso para garantir que estejamos construindo um ambiente diversificado e inclusivo onde todos sintam que pertencem.”

A mudança ocorre depois que o CEO prometeu que a Coinbase se concentraria em sua missão empresarial em vez de buscar o ativismo social. A declaração atraiu críticas generalizadas entre sua força de trabalho, bem como na comunidade cripto em geral.

Até agora, o conflito interno foi causado por uma greve de funcionários após a abordagem de Armstrong sobre o movimento Black Lives Matter.

Depois que o memorando foi emitido há dois meses, ficou claro que os funcionários não tinham permissão para falar de política, no entanto, o que não ficou claro é o que conta como apolítico.

Armstrong também abordou isso no blog de hoje, afirmando:

“Reconhecemos que é uma linha borrada e pedimos que os funcionários usem o bom senso.”

Fonte: AMBCrypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.