Coinbase Pro apresenta novas taxas e infraestrutura para “melhorar a liquidez”

Plataforma de trade da Coinbase irá passar por atualizações

De acordo com uma publicação realizada na sexta-feira (15), a Coinbase Pro, plataforma de trade profissional da exchange americana Coinbase, irá passar por uma atualização no dia 22 de março para otimizar sua plataforma.

Aparentemente as mudanças, que incluem novas taxas, ordens de máximo atualizadas e o desligamento de ordens de stop de mercado, foram realizadas para “aumentar a liquidez, permitir a melhor descoberta de valores para trade, e tornar mais fluídos os movimentos de preço do mercado.”

“Isso irá levar a um mercado mais eficiente e irá aumentar oportunidades de trade para todos os nossos clientes.”, dizia a publicação.

De acordo com a exchange, tanto a Coinbase Pro quanto a Prime irão introduzir um ponto de proteção de mercado de 10% para todas as ordens de mercado. As ordens que ultrapassarem 10% “deixarão de ser executadas e retornarão a um preenchimento parcial”.

“Por exemplo: uma compra de mercado apresentada quando o último valor de negociação for de US$4.000 só será preenchida com níveis de valor abaixo de US$4.400. Os pontos de proteção ajudam a evitar que pedidos grandes causem mais de 10% de escorregamento.”

Para implantar as atualizações, a plataforma ficará offline no dia 22 de março das 22h às 22h30 (horário de Brasília). Quando disponibilizada novamente, as novas normas e taxas já estarão em vigor.

Recentemente o WeBitcoin noticiou que a Coinbase Pro adicionou suporte para Stellar Lumens (XLM). O ativo está disponível em todas jurisdições de suporte da Coinbase, mas ainda não está listado na exchange.

Veja a lista completa de atualizações aqui.