Como o preço da energia está afetando a mineração de Bitcoin

Custo de energia tem impactado negativamente no Bitcoin

Seja em 2018 ou em 2019, o espaço cripto chamou bastante atenção e, os motivos são variados. Os incríveis altos e baixos das criptomoedas, com subidas rápidas e fundos deprimentes são apenas uma parte da explicação.

Uma coisa que permaneceu consistente ao longo dos anos, porém, é a queda na lucratividade da mineração de Bitcoin. Todo o setor de mineração quase parou em 2018 por causa de vários fatores distintos.

Então, com tudo isso em mente, veremos se o Bitcoin se recuperará na próxima década, especificamente em 2020.

Os fatores que precisamos considerar para essa recuperação nos anos vindouros são os seguintes:

-Aumento dos preços da energia

-Preço decrescente do Bitcoin

-Aumento dos preços de hardware

Para esse texto, vamos dar uma olhada apenas nos preços da energia, deixando os outros temas para uma próxima oportunidade.

Preço da energia

O custo da energia em todo o mundo aumentou. Isso se deve à inflação e ao aumento da demanda por combustível e energia.

O setor de combustíveis é impulsionado pela oferta e pela demanda de forma tão natural que os preços dos combustíveis sempre aumentam. Com isso em mente, o mesmo acontece com as contas que todos temos que pagar para receber energia.

Ao somar todos os lucros da mineração de Bitcoin, a coisa mais importante a se considerar é quanto vai custar para realmente minerar a criptomoeda. O custo vem da enorme quantidade de energia necessária para minerar blocos na blockchain do Bitcoin, já que o processo usa muita energia e, portanto, contribui para contas de energia mais altas.

À medida que o preço dessas contas aumenta, as margens de lucro diminuem, então você acaba pagando mais dinheiro para minerar menos Bitcoin e, portanto, sua recompensa é reduzida.

Infelizmente, até 2020, as contas de energia deverão aumentar e, portanto, não podemos encontrar aqui nenhuma solução legítima que ajude a tornar a mineração lucrativa novamente.

Fonte: CryptoDaily

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.