Congressista japonês sugere grande redução de impostos sobre criptomoedas

As novas normas irão promover um ecossistema mais amigável à negociação no setor

Recentemente o governo japonês sugeriu planos para simplificar o processo de tributação vinculado ao investimento em criptomoedas de modo a evitar que estruturas “impraticáveis” afetassem de modo negativo o mercado local.

Durante este período, um comitê especializado em impostos incentivou as autoridades a facilitar o complexo processo de divulgação dos valores tributáveis do mercado de cripto.

Nesta semana, o congressista Takeshi Fujimaki propôs grandes mudanças na política de tributação em torno do setor de criptomoedas, visando revitalizar o mercado.

Lançar impostos sobre retornos de criptomoedas é uma tarefa complexa pela volatilidade apresentada por este mercado. Um investidor poderia facilmente obter um lucro de 50% em uma semana, perdendo tudo na seguinte.

Visando reduzir o ônus sobre os investidores e considerando as características do setor, Fujimaki propôs reduzir os ganhos fiscais de 55% para 20% sobre o lucro adquirido, retirar as taxas incidentes sobre negociações cripto-para-cripto e sobre pequenos pagamentos em criptomoedas.

As novas normas afetarão positivamente os investidores e entusiastas japoneses, proporcionando um ambiente mais justo para a comercialização.

O congressista também acrescentou que a proposta de isentar transações de impostos irá auxiliar as exchanges no aumento de volumes diários.

“Para aumentar o volume de transações entre moedas digitais e revitalizar o mercado (…), a negociação entre estes ativos deve ser isenta de impostos.”

FONTE: CCN