Congresso de El Salvador aprovou US $ 150 milhões para Bitcoin Trust

O Congresso de El Salvador aprovou uma lei para criar um Bitcoin Trus t de US$ 150 milhões com o objetivo de facilitar a conversão BTC / USD

Segundo relatos , em antecipação à adoção planejada do Bitcoin como moeda com curso legal do país em 7 de setembro de 2021 , para isso o congresso de El Salvador aprovou US $ 150 milhões para Bitcoin Trust.

A lei do Bitcoin Trust, aprovada por 64 votos a 14 , fortalece a decisão do país de ser o primeiro no mundo a adotar o Bitcoin como moeda corrente.

Os legisladores teriam dito que o dinheiro para o novo fundo será redirecionado do orçamento atual do Ministério da Fazenda e administrado pelo Banco Estadual de Desenvolvimento de El Salvador (BANDESAL).

A este respeito, o documento emitido pelo Congresso descreve o seguinte:

“O objetivo desta lei é apoiar financeiramente as alternativas que o estado oferece, sem prejuízo da iniciativa privada, que permite ao usuário fazer a conversibilidade automática e instantânea do bitcoin em dólar dos Estados Unidos.”

El Salvador e a lei Bitcoin pronta para ser realidade

La Ley Bitcoin ”, ou a Lei do Bitcoin, em El Salvador, colocou o país no centro da criptomoeda, pois em exatamente cinco dias será legal usar dólares americanos ou bitcoin.

Além do Bitcoin Trust, El Salvador também já formalizou outros canais para apoiar a nova moeda.

Na semana passada, de fato, foram introduzidos os pontos Chivo , ou seja, o aplicativo de carteira oficial de El Salvador que daria aos cidadãos o direito de sacar seus primeiros 30 dólares em BTC.

Além disso, sob a mesma marca, já foram montados 200 ATMs Bitcoin onde podem ser convertidos BTC / USD e USD / BTC, sem comissões e 24 horas por dia . Além disso, pontos de informação foram instalados em cada balcão para educar os cidadãos que ainda não conheceram o mundo cripto.

Bitcoin: Nayib Bukele contra os opositores

O principal apoiador do Bitcoin e sua adoção oficial é o presidente de El Salvador, Nayib Bukele . Foi ele quem, no final de junho, anunciou a nova realidade monetária do país com a coexistência do BTC e do USD , frisando que o bitcoin continuaria a ser o curso legal opcional.

Por outro lado, no entanto, nem todos parecem apoiar essa ideia. Uma espécie de batalha entre Nayib Bukele e os oponentes no Bitcoin Ley está, portanto, em andamento.

Entre os muitos que falaram, alguns como a agência internacional de classificação Fitch Rating , descreveram a escolha como arriscada. De acordo com a Fitch Rating, usar o Bitcoin para realizar transações diárias aumentaria a exposição das instituições à volatilidade do crédito .

Por outro lado, o economista local Ricardo Castañeda teria dito que Bukele não está bem ciente de que o risco de oficializar o Bitcoin pode converter o país em um paraíso para a lavagem de dinheiro.

https://twitter.com/nayibbukele/status/1433200147484266496?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1433200147484266496%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fen.cryptonomist.ch%2F2021%2F09%2F02%2Fel-salvador-congress-bitcoin-trust%2F

“Se considerarmos o impulso que o Ley Bitcoin dará, a injeção de US $ 30 por pessoa em moeda deflacionária, a confiança no salário mínimo, a confiança na reativação econômica e o não pagamento de comissões por remessas…. Tenho certeza de que o número será maior. ”

Apesar dos riscos e perigos mencionados, Bukele parece se manter firme em sua decisão , valorizando o BTC como a “moeda deflacionária” e, portanto, um fator de crescimento para El Salvador.

 

Fonte: Cryptonomist

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8