Consórcio de bancos italianos realiza teste para implementar tecnologia Blockchain

Projeto já realizou mais de 1 milhão de transações na fase inicial de testes

De acordo com a mídia, um consórcio de bancos italianos concluiu a fase inicial de testes em um sistema baseado em blockchain para melhorar operações interbancárias.

O projeto, conhecido como Spunta, será desenvolvido na plataforma Corda, apoiada pela R3.

Aparentemente, o aplicativo foi criado pela NTT Data Itália, com participação da plataforma de armazenamento descentralizada Sai.

Leia mais: Cade ouve corretoras brasileiras de criptomoedas após encerramento de contas

De acordo com a ANSA, mais de 1 milhão de transações foram processadas durante os 10 meses de testes.

Dentre às melhorias que o projeto espera realizar, o aumento da transparência e velocidade de processamento se destacam.

“…estamos utilizando a plataforma Corda para automatizar o processo de correspondência, auxiliando os bancos italianos a evitar incompatibilidades e melhorar a eficiência e a precisão em todos os setores.”, declarou David Rutter, CEO da R3

Desde o início, o projeto está sendo operado pelo ABI Lab, centro de pesquisa e inovação da Associação de Bancária Italiana.

Durante a próxima fase do projeto, os aplicativos blockchain serão utilizados em transações cotidianas.

De acordo com a mídia, entre os bancos que investem no projeto está o Intesa Sanpaolo, segundo maior da Itália.

Leia mais: Departamento de Justiça americano acusa autoridades da Inteligência russa por esquema de hacking envolvendo Bitcoin

FONTE: CCN