Coreia do Sul emite proibição na venda de contratos futuros de bitcoin

Proibição, a melhor solução?

A autoridade reguladora da Coreia do Sul bate o martelo da proibição, novamente.

De acordo com um relatório local, a autoridade fiscal e reguladora financeira primária da Coreia do Sul proibiu empresas de valores mobiliários de lançarem contratos futuros de bitcoin.

A comissão de serviços financeiros da Coreia do Sul (FSC) emitiu uma diretriz proibindo instituições financeiras de oferecerem contratos futuros de bitcoin como um produto financeiro. De acordo com um relatório do Business Korea, o regulador coreano não reconhece o bitcoin como `um ativo subjacente de produtos derivados’ e, em consequência disso, restringiu os contratos de serem classificados como um instrumento financeiro para negociações futuras.

A proibição preventiva afeta diversas empresas de valores mobiliários que estavam se preparando para negociar contratos futuros de bitcoin. Ambas as empresas The Shinhan Financial Investment Co. e eBest Investment & Securities Co. cancelaram seus próximos seminários sobre contratos futuros de bitcoins para investidores interessados.

Um representante da indústria de valores de Coreia disse em um relatório:

“É a primeira vez que as autoridades coreanas proíbem a negociação de um item específico. Parece que tal decisão foi feita porque estão com medo de perderem o controle sobre as criptomoedas por não terem decidido o que fazer a respeito das mesmas.”

Tal proibição por reguladores coreanos se assemelha com a proibição dos ICOs no fim de Setembro, seguido pela proibição chinesa nas angariações de fundos através de criptomoedas.

Leia mais: Preço do Bitcoin se aproxima dos $13.000 dólares

Enquanto isso em outros países…

Enquanto isso, a abordagem totalmente abrangente adotada pelo vizinho da Coreia, o Japão, com leis que entraram em vigor em abril para reconhecer o bitcoin como um método legal de pagamento, está se preparando para lançar seus próprios produtos derivados de bitcoin. O Tokyo Financial Exchange, que conta com empresas como a JPMorgan Chase entre sua lista de negociadores, está progredindo com seu projeto de contratos futuros de bitcoin para meados de 2018.

No próximo domingo, a Cboe lançará contratos futuros de bitcoin – tornando-se a primeira exchange americana regulamentada a fazer isso. A exchange tomou à frente da rival CME, que negociará seu próprios contratos futuros de bitcoin no dia 18 de dezembro. A Nasdaq de Nova Iorque, segunda maior bolsa do mundo, também está planejando negociar contratos futuros de bitcoin antes da metade de 2018.

Fonte: Cryptocoinsnews.com

Foto de Andre Cardoso
Foto de Andre Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/