Rússia: Corporação Nuclear aposta na tecnologia Blockchain para “aumentar a eficiência”

Corporação pretende explorar novas tecnologias

A Rosatom, Corporação Nuclear Estatal da Rússia pretende desenvolver tecnologias “avançadas”, como o blockchain, visando aumentar a eficiência no processo de fabricação.

A decisão chegou à mídia por meio do chefe do departamento de TI da empresa, Evgeniy Abakumov nesta segunda-feira.

Leia mais: Primeiro-ministro de Malta para a ONU: “criptomoedas são o futuro inevitável do dinheiro”

Segundo Evegniy, a corporação pretende focar em três áreas de novas tecnologias: blockchain, inteligência artificial e Internet of Things (IoT).

“Estamos comprometidos a integrar tecnologias 4.0 em uma escala mais abrangente. IoT, inteligência artificial, blockchain, entre outros, aumentarão a eficiência do processo de produção”, declarou.

Ainda de acordo com Abakumov, a empresa procura trazer novos talentos nas áreas mencionadas.

Em suma, a notícia demonstra o engajamento das instituições russas em inserir a tecnologia do sistema do país. Recentemente, o Fundo de Pensão Estatal da Rússia declarou a intenção de implementar smart contracts em relações trabalhistas, com o intuito de trazer maior transparência ao setor.

Leia mais: Em meio à inflação, volume de troca do Bitcoin atinge recordes na Venezuela

FONTE: COINTELEGRAPH