Correlação entre Bitcoin e mercado de ações aumenta enquanto o mercado cripto se recupera

Os especialistas e entusiastas em criptomoedas frequentemente debatem se o Bitcoin e o mercado de ações estão correlacionados ou não.

Um lado diz que o Bitcoin é um ativo independente, sem dependência do mercado de ações tradicional. Mas outros afirmam que os mercados tradicionais e o Bitcoin sobem e descem simultaneamente, com as vendas de ações afetando diretamente o preço da moeda digital.

A popular conta do Twitter voltada para o publico cripto, IncomeSharks, expôs o argumento para a presença de correlação de forma sucinta em um tweet.

Ele destacou como o Bitcoin e o mercado de ações se moveram juntos em grandes saltos até agora em 2020.

“Apenas um lembrete de que a queda do mercado de ações fez com que as criptomoedas caíssem junto. Isso é inerentemente altista porque não caiu por conta própria. O mesmo aconteceu quando a covid fez com que o BTC caísse para 3,6 mil. É difícil argumentar que os mercados não estão relacionados neste ponto. ”

De acordo com uma pesquisa da CoinMetrics, o Bitcoin e o S&P 500 estão chegando perto de um recorde histórico de correlação.

O coeficiente de correlação de Pearson é usado na pesquisa da CoinMetrics para determinar o quão intimamente relacionados os mercados estão. A correlação de 180 dias entre o Bitcoin e o S&P 500 atingiu 0,4905 no início desta semana e depois caiu para 0,36.

O número positivo indica uma correlação próxima, enquanto um número abaixo de zero significaria que os mercados tendem a se mover em direções opostas.

De acordo com TheBlock, o maior nível de correlação de todos os tempos ocorreu em 14 de março deste ano. Mas, como apontado pelo analista de criptomoedas, Mati Greenspan, o Bitcoin então teve um período prolongado não correlacionado, ou apenas vagamente correlacionado com o mercado de ações. Na época, ele argumentou que “durante os períodos em que o Fed imprime dinheiro, ele envia os preços para cima em todos os mercados”.

É importante que os investidores tenham dados sobre a intensidade com que determinados mercados estão correlacionados. Como forma de evitar a volatilidade e promover a diversificação, os investidores preferem ficar longe de investimentos que historicamente se movem em relação uns aos outros.

Fonte: CoinGape

Foto de Bruno Lugarini
Foto de Bruno Lugarini O autor:

Estudante de Sistema da Informação, técnico de informática, apaixonado por tecnologia, entusiasta das criptomoedas e Nerd.