Criador do Litecoin declara que muitas criptomoedas em circulação irão morrer

“Ativos inúteis”

De acordo com Charlie Lee, criador do Litecoin, diversas criptomoedas atualmente em circulação no mercado irão desaparecer.

Segundo ele, uma parte da culpa da atual crise se deve à criação não regulada de criptomoedas “inúteis”. Acrescentou ainda que, assim que os investidores se derem conta disto, irão se retirar, fazendo com que o valor destes ativos despenque.

Lee disse ainda que seu foco agora é a promoção do Litecoin como meio confiável de transferência de fundos. Logo no início da criação da moeda, Charlie apontou que o objetivo do ativo era substituir o Bitcoin como criptomoeda mais utilizada do mundo, e eventualmente substituindo o método de pagamento tradicional (dinheiro).

Atualmente ele trabalha com a HTC, empresa de smartphones de Taiwan, que recentemente lançou um dispositivo equipado para suportar operações de cripto.

Meses atrás, Lee foi acusado de vender grande parte de suas ações da Litecoin, iniciativa que levou muitos a cogitar que o criador teria alguma informação privilegiada sobre a situação do mercado de ativos digitais. O pensamento foi alimentado pelo fato de que logo após a venda, o valor do Litecoin caiu.

“Não tenho nada a ver com isso”, declarou.

De acordo com Charlie, a decisão foi impulsionada por uma ação consciente para evitar um conflito de interesses.

FONTE: ZY CRYPTO

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli