CVM e Insper realizam evento de tecnologia em São Paulo

Organizado por CVM e Insper, evento debateu novas tecnologias e seus efeitos no mercado financeiro

Criptomoedas, sandbox, blockchain, robô advisor e inteligência artificial são os temas discutidos em evento realizado em São Paulo no dia 11/09, organizado por CVM e Insper. Foi amplamente debatido o tema de novas tecnologias e seus efeitos no mercado financeiro.

Esse evento é uma das frentes da parceria entre CVM e Insper, resultante de um convênio entre as organizações, e traz a oportunidade de acadêmicos e participantes do mercado falarem sobre temas de maior importância para a Autarquia e para o crescimento do mercado. Sobre o sandbox, por exemplo, lançamos há duas semanas, uma audiência pública convidando os interessados a enviarem contribuições para a minuta de regra que pretendemos editar em um futuro próximo para a criação de um ambiente regulatório experimental (sandbox regulatório). A experiência internacional mostra o efeito positivo disso para o mercado, trazendo, de forma controlada, participantes que sem esse ambiente mais flexível permaneceriam à margem”, disse o Presidente da CVM, Marcelo Barbosa, durante discurso de abertura.

Seleção e apresentação de artigos para o evento

No dia 16/08, CVM e Insper selecionaram 4 artigos para serem apresentados e debatidos no evento do dia 11/09.

Trabalhos selecionados

  • Robo-advisors e os deveres fiduciários dos assessores de valores mobiliários no Brasil (Ciro Silva Martins)
  • The Microstructure of the Brazilian Market for Corporate Bonds (Antonio Gledson de Carvalho e Felipe Tumenas Marques)
  • Blockchain e o Mercado Financeiro e de Capitais: Riscos, Regulação E Sandboxing (Marcus Vinicius Cardoso Barbosa)
  • Desafios regulatórios em torno da emissão e negociação de criptoativos e o sandbox como uma possível solução (José Luiz Homem de Mello, Tatiana Mello Guazzelli, Alessandra Carolina Rossi Martins, Giovana Treiger Grupenmacher)

 

Durante o evento os artigos foram apresentados e comentados pelos participantes.

A ocasião foi uma oportunidade de aprofundar ainda mais a discussão sobre os temas, a partir da apresentação desses excelentes artigos. Nesse mesmo sentido de discutir assuntos de altíssimo interesse para a CVM, na semana passada, lançamos a iniciativa Ponte de Inovação, um canal exclusivo para dar vazão a dúvidas e receber sugestões sobre criptomoedas, sandbox, blockchain, robô advisor e inteligência artificial. As portas estão abertas”, explicou Bruno Luna, Chefe da Assessoria de Análise Econômica e Gestão de Riscos (ASA/CVM).

Ao terminar as apresentações foi realizada uma mesa de debates para cerce de 200 participantes que tiveram a oportunidade de acompanhar o debate sobre às novas tecnologias.

Lançada a audiência pública que trata do sandbox regulatório no mercado de capitais, bem como a iniciativa Ponte de Inovação, chegou a hora de ir além, e discutir temas que serão cada vez mais objeto de reflexão pela CVM, tais como as alternativas para tratar os criptoativos e as exchanges de negociação no ambiente regulatório, o papel dos robôs de investimento e do blockchain nos mercados regulados, e como o sandbox pode ser um meio seguro para a inovação”, comentou Bruno Luna.

Projeto Ponte de Inovação

Ponte de Inovação é um canal lançado pela CVM para receber e debater inovações financeiras.

 “Esse novo canal de diálogo propiciará contato direto e desburocratizado do regulado, acadêmico ou empreendedor com especialistas da CVM em temas de interesse comum. A iniciativa está em linha, inclusive, com o Projeto CVM Tech, concluído no início deste ano, no âmbito do qual foi levantada, junto ao mercado, a necessidade de se criar um fórum de discussão sobre inovação e tecnologia no ambiente regulado” — Alexandre Pinheiro dos Santos, Superintendente Geral da CVM.

O canal foi lançado no dia 28/08 e aborda temas como criptomoedas, sandbox, blockchain, robô advisor e inteligência artificial.

Esperamos que, com a criação desses canais institucionais de diálogo com interessados em inovação no âmbito do mercado de capitais, surjam discussões relevantes que resultem em ganhos para o mercado, que pode se tornar mais eficiente e competitivo com o adequado emprego de novas tecnologias” — Marcelo Barbosa, Presidente da CVM.

O atendimento do canal é através do e-mail [email protected] Logo após o envio de estudos, pesquisas, ideias e casos concretos de aplicação das novas tecnologias, um Grupo de Trabalho analisará e enviará uma resposta aos participantes, que poderão ser chamados  para reuniões junto à CVM.

Foto de Bruno Lugarini
Foto de Bruno Lugarini O autor:

Estudante de Sistema da Informação, técnico de informática, apaixonado por tecnologia, entusiasta das criptomoedas e Nerd.