Demissões em massa na 3xBit: funcionários somam meses de salários atrasados

Demissões em massa na 3xBit pegaram a comunidade cripto de surpresa nessa segunda-feira

O momento não poderia ser pior para as pessoas vinculadas à exchange 3xBit. Não bastassem os atrasos nos saques e as diversas promessas não cumpridas, a novidade da vez fica por conta das demissões em massa dos funcionários da empresa.

As demissões foram trazidas a público primeiramente pelo Portal do Bitcoin, que também apontou o fato da empresa estar mudando de endereço. Na sequência desse fato, nossa equipe procurou mais informações junto à agora ex-funcionários da 3xBit e descobriu mais detalhes sobre o caso.

Contrato de confidencialidade e salários atrasados

O primeiro ponto de destaque fica pelo temor de represálias por parte dos ex-funcionários, que concordaram em falar apenas de maneira anônima por conta de um contrato de confidencialidade enviado à nossa equipe por e-mail.

O dito contrato obriga os então funcionários a se resguardarem de oferecer quaisquer informações sobre a atuação da empresa por um período mínimo de 2 anos após a rescisão.

A rescisão de contrato, por sinal, ocorreu oficialmente no dia 31 de outubro, mas havia sido comunicada aos funcionários já no dia 29 do mês. Segundo nossas fontes, dos cerca de 40 funcionários que supostamente faziam parte da 3xBit antes do dia 29, apenas pouco mais de uma dezena permanece na empresa.

Trecho do documento de demissão de um funcionário da 3xBit

 

Há também um atraso de 3 meses nos salários dos funcionários, conforme apontado por um antigo empregado da empresa. Nossas fontes apontam ainda que o valor da rescisão também não foi pago até o presente momento.

*Atualização 21h25 – 04 de novembro: Conforme apurado por nossa equipe, os atrasos foram superiores ao período de um mês, sendo pagos parcelados em períodos determinados, não somando 3 meses em sequência, com o pagamento ocorrendo de maneira irregular.

Ao que parece, as mesmas promessas de pagamentos feitas ao clientes da empresa também eram oferecidas aos funcionários, que eram orientados a aguardar o pagamento em diferentes datas. No final das contas, a promessa de pagamento era descumprida e uma nova promessa era feita, exatamente como ocorrera de forma pública com os clientes do Leasing.

O que o futuro guarda para clientes e ex-funcionários?

O momento que outrora era de incerteza agora é de completo pessimismo. Sem previsão de pagamento dos clientes do Leasing e agora praticamente sem funcionários, a 3xBit parece caminhar a passos largos para o abismo. As demissões em massa na 3xBit apenas reforçam esse fato.

O suposto novo investidor que seria a solução para os problemas da empresa ainda não teve a identidade revelada, o que leva muita gente a acreditar que essa pessoa sequer existe. Se está tentando ganhar tempo ou não, ainda não podemos afirmar. O que fica claro é a falta de transparência reforçada a cada nova polêmica envolvendo a 3xBit.

Tentamos contato junto aos representantes da empresa, contudo, sem sucesso até o momento. Em caso de resposta/novidades da 3xBit esse post será atualizado.

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.