Desenvolvedores bifurcam o navegador Brave para remover adware e links afiliados

Após polêmicas, navegador Brave será bifurcado, gerando o novo “Braver Browser”

Um grupo de desenvolvedores criou uma bifurcação (fork) do navegador Brave para criar uma versão dele sem nenhum adware, como imagens patrocinadas, sem links de afiliados e sem o seu Basic Attention Token (BAT). O novo navegador, de acordo com os desenvolvedores, deveria ser uma alternativa ao navegador Brave que os usuários podem escolher, mas isso aumentaria o ecossistema do navegador.

Ele foi nomeado como “Braver browser” e vem logo depois que foi revelado que o Brave preenchia automaticamente endereços no navegador com seu código de afiliado para as principais exchanges como Binance e Coinbase.

A Brave pediu desculpas pelo incidente em um post de blog e seu co-fundador e CEO, Brendan Eich, afirmou nas mídias sociais que o navegador não receberá nenhuma receita da Binance. Por Eich, o problema está sendo corrigido para que o preenchimento automático padrão não seja o link de referência.

“Confirmei que não recebemos receita da Binance por essas falsas conclusões padrão que adicionaram códigos de afiliados. A correção de bugs já está disponível no Nightly, elevando todos os lançamentos de hoje.”

Apesar da tentativa de resolver o problema, os desenvolvedores ainda decidiram realizar o fork para o Braver Browser. No GitHub há essencialmente uma versão do Brave sem adware – incluindo imagens e notificações patrocinadas – sem token BAT e sem links afiliados.

A equipe por trás dele já compartilhou imagens do novo navegador, embora ainda não esteja disponível para download.

https://twitter.com/BraverBrowser/status/1270139672270946305?ref_src=twsrc%5Etfw

“A primeira versão de teste do @BraverBrowser foi concluída algumas horas após o fork, removendo a injeção do link de referência da Brave.

 

A versão completa removerá todos os adwares:
Recompensas
Brave Together
Papéis de parede de marca
Componentes Patrocinados
Ícone BAT
Todas as futuras integrações de anúncios”

Eich já reagiu ao desenvolvimento do Braver Browser, desejando boa sorte aos desenvolvedores que trabalham nele, mas argumentando que o projeto pode ter dificuldades porque os desenvolvedores “querem reduzir várias etapas importantes da receita. Isso não deixa nada além de doações para financiamento.” Eich também informou aos desenvolvedores que eles terão que renomear e executar “um monte de serviços e atualizações por conta própria”, já que “não há uso gratuito em nossos servidores”.

Vale ressaltar que os usuários podem optar por não participar do programa Brave Ads para evitar o recebimento de anúncios enquanto navegam na Web. Esses anúncios, no entanto, recompensam os usuários com o token BAT. A maioria dos usuários do navegador, de acordo com Eich, não usa os recursos de criptomoedas.

Vale ressaltar que essa não é a primeira vez que o navegador Brave foi bifurcado. No ano passado, a plataforma de mídia social Gab pediu que substituísse seu token BAT pelo Bitcoin na Lightning Network. A versão de Gab, chamada Dissenter, está disponível para download.

Fonte: CryptoGlobe

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.