Projeto cripto Diem de Mark Zuckerberg está à venda

A Diem Association, que supervisiona o desenvolvimento da moeda digital Diem, está considerando a venda de seus ativos

Projeto cripto Diem de Mark Zuckerberg está à venda

O ambicioso plano de Mark Zuckerberg de construir sua própria criptomoeda está desmoronando, em meio à crescente pressão dos reguladores. Um porta-voz da Associação Diem se recusou a comentar.

Diem está conversando agora com banqueiros de investimento sobre os próximos passos, incluindo como vender sua propriedade intelectual, em um esforço para capturar qualquer valor restante. Fontes dizem que a empresa também está tentando encontrar um novo destino para os engenheiros que desenvolveram essa tecnologia.

As discussões aparentemente ainda estão nos estágios iniciais e não há garantia de que Diem encontre um comprador. Mesmo que o façam, o relatório observou que não está claro como eles definiriam um valor para a propriedade intelectual do projeto ou os engenheiros que o desenvolveram.

Uma das pessoas que falou para a imprensa sob condição de anonimato diz que a Meta possui cerca de um terço do empreendimento, e o restante é de propriedade de membros da associação, como Andreessen Horowitz, Union Square Ventures e Ribbit Capital.

O projeto cripto sitiado de Zuckerberg foi frustrado pelo drama desde que foi anunciado pela primeira vez em junho de 2019.

Na época, a criptomoeda se chamava Libra, e foi inicialmente concebida como uma stablecoin, que é um subconjunto específico de criptomoedas que tem um valor atrelado a um ativo do mundo real, como uma moeda fiduciária como o dólar americano ou um mercadoria como o ouro.

No caso da stablecoin de Zuckerberg, o plano inicial era lançar uma moeda universal vinculada a uma cesta das principais moedas e dívida do governo.

O projeto foi imediatamente recebido com hostilidade por banqueiros centrais e políticos, que temiam que pudesse facilitar atividades nefastas, como lavagem de dinheiro e violação de privacidade, além de se mostrar um formidável rival de moedas soberanas como o dólar americano.

Na esteira da reação regulatória, o projeto em apuros girou para o conceito de lançar várias stablecoins, cada uma das quais seria atrelada a uma moeda fiduciária, além de uma moeda multimoeda.

Por fim, a visão para a criptomoeda foi reduzida para uma stablecoin lastreada em dólares americanos conhecida como Diem USD.

O projeto em si também seguiu uma cadeia de propriedade um tanto complicada e sofreu um êxodo de parceiros corporativos e executivos de alto nível.

Ele também já teve o apoio de vários parceiros, mas como o chefe da Meta foi ao Capitólio para defender o projeto, apoiadores importantes como Visa, Mastercard e PayPal abandonaram o projeto. Em novembro do ano passado, David Marcus, chefe dos esforços de criptomoedas da Meta, anunciou que também estaria saindo.

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8