Dificuldade de Mineração está Estável apesar do preço subir mais que 300%

Depois do Halving, o preço do Bitcoin vai de $9000 para mais de $40000, mas a Dificuldade de Mineração está Estável!

Hoje vemos os touros do Bitcoin em uma revanche após a queda do fim de semana. Embora a maior cripto tenha subido apenas 3%, ainda é uma boa notícia, considerando a queda da semana passada.

Apesar da turbulência recente, o desempenho macro do Bitcoin tem sido notável desde o final do terceiro trimestre de 2020. Embora o período anterior tenha visto muitos meses em torno de US $ 10 mil, o final de outubro de 2020 foi quando as coisas realmente começaram a decolar, quando o preço rompe $13.200,00.

Durante este período, o Bitcoin registrou ganhos de quase 300% antes de chegar a $ 42.000. O que foi particularmente especial sobre isso foi a velocidade e a força do movimento, o que forçou os cripto-céticos a questionar sua posição.

Sobre isso, Marcus Swanepoel , o presidente-executivo da crypto exchange Luno, disse:

“Mesmo o mais otimista dos defensores do bitcoin não poderia ter previsto um aumento tão meteórico no preço em tão curto espaço de tempo.”

Desde a rejeição de $ 42k, um senso de normalidade voltou. Com isso, surge a oportunidade de avaliar o impacto da corrida em relação a outras métricas.

Nessa, a análise do Twitter, PlanB observou que a dificuldade de mineração permaneceu comparativamente estável, apesar dos ganhos exponenciais durante este período.

No passado, a dificuldade de mineração aumentava à medida que o preço do Bitcoin aumentava. O exemplo mais notável dessa relação é mostrado no gráfico abaixo, em 2013. Durante esse tempo, a dificuldade de mineração teve um aumento acentuado, pois o BTC passou de pouco mais de $ 10 para $ 1.000.

Preço do Bitcoin e gráfico de dificuldade de mineração

O que está acontecendo com a dificuldade de mineração de Bitcoin?

A dificuldade de mineração de Bitcoin é uma medida de quão difícil é extrair um bloco de Bitcoin. A alta dificuldade de mineração significa que será necessário mais capacidade de computação para extrair o mesmo número de blocos.

A dificuldade é ajustada algoritmicamente a cada 2.016 blocos, o que ocorre aproximadamente a cada duas semanas.

Uma análise mais detalhada mostra que a dificuldade de mineração no início de outubro de 2020 era de 19,32 t. Embora tenha caído para apenas 16,79 t no início de novembro, a dificuldade foi reajustada para cima no final do ano, para 18,6 t.

Ao longo de janeiro de 2021, conforme a dificuldade se tornou mais difícil, ela levou a uma dificuldade atual de 20,61 t.

Dificuldade de Mineração está Estável mesmo com a alta do preço

Mas, mesmo assim, uma oscilação de 3 t é um nível relativamente estagnado de ajuste de dificuldade, especialmente considerando a oscilação de preço de $ 32k no mesmo período.

Isso sugere que novos mineradores não estão ingressando na rede, apesar do aumento da lucratividade. Esperaríamos ver a dificuldade de mineração aumentar muito mais para refletir o aumento da competição se assim fosse.

O site oficial da Bitmain mostra que seu AntMiner S19 Pro, S19 e T19 estão todos esgotados até agosto de 2021.

Da mesma forma, há uma história semelhante na MicroBT, mas sem indicação de quando os produtos estão de volta ao estoque .

Como tal, a escassez de oferta dos mineradores ASIC é provavelmente a razão pela qual a dificuldade de mineração permanece estável em relação ao preço.

Fonte: CryptoSlate

Foto de André Cardoso
Foto de André Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/