Documentos mostram que a Apple deu tratamento especial à Amazon para colocar o Prime Video na App Store

Para inserir o prime video na App Store a Apple concordou em cobrar à Amazon uma taxa de 15%, em vez do padrão de 30% para assinaturas

Durante uma audiência perante o subcomitê antitruste da Câmara na quarta-feira, o CEO da Apple, Tim Cook, testemunhou que “aplicamos as regras a todos os desenvolvedores de maneira uniforme” quando se trata da App Store. Mas os documentos revelados pela investigação do subcomitê mostram que o vice-presidente sênior da Apple, Eddy Cue, ofereceu à Amazon um acordo único em 2016: a Apple pagaria apenas 15% das assinaturas que se inscreveram no aplicativo, em comparação com os 30% padrão que a maioria dos desenvolvedores deve entregar.

Um e-mail de Cue para o CEO da Amazon, Jeff Bezos, lista os termos negociados:

“Agora sabemos como a Apple convenceu a Amazon a finalmente colocar o Prime Video na App Store em 2017: a Apple concordou em receber apenas 15% da receita das assinaturas do Prime Video feitas no iOS, contra os 30% que estavam recebendo de outras pessoas.”

Essa reunião ocorreu em 2016 e, na época, Bezos disse que estava esperando “termos comerciais aceitáveis” antes de lançar o aplicativo Prime Video nas plataformas da Apple. Pressionado para saber se os termos podem ter incluído uma redução no corte de 30% na App Store, Bezos disse a Nilay Patel, do The Verge, que “discussões comerciais privadas devem permanecer privadas”.

No início deste ano os aplicativos Prime Video para iOS e Apple TV da Amazon começaram a permitir que os clientes fizessem compras no aplicativo, incluindo aluguel e compra de filmes e programas de TV. A alteração foi uma grande mudança para a Amazon, que anteriormente não permitia que os usuários alugassem ou comprassem conteúdo no aplicativo Prime Video na App Store. Segundo a Bloomberg, a Apple não está obtendo seu corte típico de 30% nessas transações de conteúdo.

————————————————————————————————————————————–

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: coinext.com.br

————————————————————————————————————————————–

Essa taxa de 30% da App Store faz parte da reclamação do Spotify contra a Apple na União Europeia. “Nos últimos anos, a Apple introduziu regras na App Store que propositadamente limitam a escolha e sufocam a inovação às custas da experiência do usuário – essencialmente atuando como jogador e árbitro em desvantagem deliberada de outros desenvolvedores de aplicativos”, escreveu Daniel Ek, CEO do Spotify em uma postagem no blog de 2019.

Na audiência de quarta-feira Cook indicou repetidamente que a taxa cai para 15% quando os clientes entram no segundo ano de assinatura, mas isso não fez muito para silenciar os críticos da Apple.

Fonte: The Verge

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.