Dogecoin passará a ser proof-of-stake graças a ajuda de Vitalik Buterin

Dogecoin está mudando seu mecanismo, passando de prova de trabalho para prova de participação e está recebendo a ajuda do fundador do Ethereum.

Contra Capa 10 1

O ativo digital cresceu para uma base de titulares de 4 milhões de titulares e uma alta histórica de US$ 0,8. No entanto, tem sido um caso de tendência de baixa constante com os desenvolvedores aumentando a utilidade do token para mantê-lo funcionando, conforme divulgado por Bitcoinist.

Buterin apoia a prova de participação Dogecoin

Em um recente episódio de podcast do UpOnly, o fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, compartilhou pensamentos sobre a Dogecoin e o que ele estava fazendo para ajudar a guiá-la nessa nova direção. Não será a primeira vez que Buterin mostrará apoio à moeda, mas na verdade é a primeira vez que ele fala sobre se envolver no projeto. Além disso, ele confirma que o Dogecoin está realmente migrando para o mecanismo de prova de trabalho.

O fundador apontou para o roteiro oficial da cripto, que primeiro mencionou a mudança para a prova de participação. Não se falou muito sobre essa parte do roteiro desde então, até que Buterin a mencionou no podcast.

O fundador, cujo próprio projeto está se preparando para concluir a mudança para a prova de participação, explicou que esse era um destino inevitável para a maioria dos projetos. É um mecanismo que dá aos detentores mais poder sobre o que acontece com um projeto de criptomoeda, permitindo que todos participem dele, disse ele.

Buterin apóia Dogecoin sendo um consultor da Fundação Dogecoin que foi anunciada no ano passado. Ele afirmou anteriormente no passado que espera que a cripto acabe se movendo para o mecanismo de consenso de prova de participação e parece que isso vai acontecer.

Dogecoin nas paradas

Dogecoin ainda está em tendência de baixo em termos de preço. O token que começou a ganhar popularidade no ano passado não conseguiu replicar o aumento que a levou a um novo recorde histórico. Ainda não está perto de seu preço no mesmo período do ano passado, mas caiu significativamente em relação ao pico de maio de 2021.

A maior parte da tendência de baixa pode ser atribuída à diminuição do hype em torno da moeda. Depois que o ativo digital chegou perto da marca de US$ 1, os investidores que não entraram cedo tiveram que procurar em outro lugar um ativo que pudesse fornecer o mesmo tipo de retorno. Assim, os investidores começaram a deixar o Dogecoin por outras alternativas como Shiba Inu, que ainda eram baratas na época.

No momento da edição deste artigo, a criptomoeda estava sendo negociada por US$ 0,1431, tendo uma valorização de 1,13% nas 24h e 0,61% semanal, estando com o seu market cap de US$ 18.981 bilhões.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_