Dono de um Tesla consegue minerar criptomoedas com seu carro

Dono de um Tesla achou mais uma utilidade para seu veículo elétrico e passou a minerar criptomoedas, tendo um lucro de US $ 800

Contra Capa 47
O proprietário da Tesla, Siraj Raval, usa seu Model 3 para minerar criptomoedas.

Já pensou poder minerar criptoativos com um carro elétrico? isto não é ficção e é possível.

Siraj Raval, um apaixonado por criptoativos, adaptou em seu veículo, Tesla model 3 de 2018, GPUs (Unidade de processamento Gráfico) e conseguiu extrair o equivalente de US $800 em Ethereum (base de cálculo quando o Ethereum atingiu o pico em 2021).

Conforme Raval revelou que adaptou as GPUs à bateria de seu carro para poder extrair os Ethereum, como se não bastasse, ele também conseguiu minerar Bitcoin utilizando um software gratuito de mineração em seu Apple Mac mini M1, ligando o aparelho em um inversor na tomada de 12 volts localizado no painel central do carro.

Siraj Raval não foi o primeiro a conseguir esta façanha, conforme publicado pelo portal Webitcoin, em 2017, Chris Allessi, proprietário de um Tesla Model S, extraia criptomoedas utilizando a energia gerada pelo veículo. A configuração peculiar viralizou após o inventor compartilhar imagens de seu Model S minerador no grupo de proprietários de carros Tesla no Facebook.

Mas não é somente com Tesla que é possível tem uma renda passiva utilizando veículo, outro que foi divulgado pelo portal Webitcoin, Simon Byrne, proprietário de uma BMW, modelo i8, conforme relatado por Simon, ele comprou a BMW por aproximadamente US $ 150.000 e adaptou a mini fazenda de mineração com seus placas de vídeo GeForce RTX 3080 e uma placa ASUS B250 Mining Expert, tudo isto foi instalado no compartimento de bagagem

Você deve estar se perguntando? Será que é lucrativo?

Primeiramente, estamos cientes que quando violamos qualquer parte de um bem, estamos abrindo mão da garantia deste bem.

Segundo Raval, ele tem um retorno com a mineração em seu veículo, pois ele faz stake com seus ativos minerados, o que garante a ele 23% a mais de seu investimentos. Ele também revelou que não converte seus ganhos em moeda fiduciária, até mesmo as peças que foram compradas para fazer a mineração, foi usado criptomoedas.

Raval também, pensa mais a frente, pois pretende adquirir um um robotáxi autônomo Tesla no futuro, ainda esta longe disto acontecer, mas a ideia dele é utilizar o táxi para prestar serviços e minerar.

Ele usará seus ganhos, tanto de serviços de transporte quanto de serviços de mineração de criptomoedas, para pagar suas próprias despesas, como reparos, custos de eletricidade e atualizações

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_