El Salvador usará lucros do Bitcoin para construir hospital para animais de estimação

O presidente de El Salvador tem uma ideia maluca para gastar seu Bitcoin.

O presidente de El Salvador disse no sábado que o país usará os lucros de seus investimentos em Bitcoin para construir um “hospital para animais de estimação“.

O presidente Nayib Bukele, que deu moeda corrente ao Bitcoin no país em 7 de setembro, escreveu no Twitter que o Bitcoin Trust do país tinha um excedente de US$ 4 milhões de dólares devido ao aumento do preço da criptomoeda.

O Bitcoin subiu 15,6% apenas na semana passada. Hoje é negociado por US$ 55.274 – seu valor mais alto desde maio.

Bukele disse que o dinheiro será investido em um “hospital para animais de estimação” e postou um vídeo gerado por computador do próximo projeto.

“A propósito, não estamos vendendo nenhum #BTC, estamos usando a parte em dólares do fundo, já que a parte #BTC agora vale mais do que quando o fundo foi estabelecido”, escreveu ele no Twitter.

O governo de El Salvador, um pequeno e pobre país da América Central, tem um fundo Bitcoin para facilitar as transações entre dólares americanos e o ativo.

El Salvador usa o dólar, mas agora as empresas precisam aceitar o Bitcoin como pagamento – se tiverem os meios tecnológicos – como parte da Lei Bitcoin do país.

Bukele acrescentou que o hospital pet terá capacidade para atender 384 consultas e 128 emergências.

El Salvador é o primeiro país do mundo a usar Bitcoin como moeda legal. A lei foi ideia de Bukele e tem sido elogiada e criticada. O país tem uma carteira estatal, chamada Chivo, que os cidadãos podem baixar para fazer transações diárias. Quem usa é recompensado com US$ 30 em Bitcoin.

Bukele era anteriormente muito popular em El Salvador, principalmente porque o crime diminuiu no país desde que ele assumiu o poder – El Salvador é uma das nações mais assassinas do planeta. Mas sua nova lei Bitcoin provou ser divisiva. No mês passado, milhares de salvadorenhos saíram às ruas para protestar contra seus métodos cada vez mais autoritários e a lei Bitcoin.

Partes da comunidade cripto – particularmente aquelas fortemente envolvidas no Bitcoin – elogiaram Bukele pela nova lei, enquanto instituições como o Banco Mundial disseram que será difícil implementá-la.

Nem todo mundo na comunidade de criptoativos acha que Bukele é um mentor. Vitalik Buterin, o cofundador da Ethereum, a segunda maior criptomoeda em valor de mercado, disse na sexta-feira que o presidente Bukele “não deve ser elogiado pela [comunidade] cripto“.

“Essa tática de levar o BTC a milhões de pessoas em El Salvador ao mesmo tempo, quase sem nenhuma tentativa de educação prévia, é imprudente e corre o risco de um grande número de pessoas inocentes serem hackeadas ou enganadas”, escreveu ele no Reddit.

Será que os cidadãos de El Salvador vão gostar do mais recente projeto de estimação de seu líder?

 

Fonte: DeCrypt

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8