Emirados Árabes Unidos estão desenvolvendo sua própria criptomoeda

Criptomoeda dos EAU: os Emirados Árabes Unidos se juntaram ao grupo crescente de países que estão trabalhando em suas próprias moedas digitais.

O banco central dos Emirados Árabes Unidos anunciou na segunda-feira que desenvolver uma criptomoeda é um dos sete objetivos incluídos em sua estratégia 2023-2026, informou a Emirates News Agency.

Além de seu pivô para cripto, ele também adotará outras tecnologias de ponta, como big data e inteligência artificial.

O esforço visa reforçar a posição global dos Emirados Árabes Unidos, com o banco central do país buscando entrar no top 10.

Em fevereiro, os Emirados Árabes Unidos uniram forças com a China para trabalhar na iniciativa m-CBDC. Seu objetivo é desenvolver um protótipo de prova de conceito para explorar os usos das moedas digitais do banco central e da tecnologia de razão distribuída.

Antes disso, os Emirados Árabes Unidos testavam moedas digitais baseadas em blockchain em colaboração com a Arábia Saudita como parte do Projeto Aber.

Uma corrida CBDC global

China, Suécia e algumas pequenas nações insulares estão liderando a corrida CBDC.

Conforme relatado pela U.Today, o primeiro-ministro vietnamita, Pham Minh, instou o banco central a testar um projeto de moeda digital no início deste mês.

Os EUA e a UE estão avançando em direção ao dinheiro digital – embora não em um ritmo rápido. O Federal Reserve deve lançar um artigo de pesquisa focado no CBDC neste verão. Em março, a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, disse que um euro digital poderia ser lançado em meados da década de 2020.

Quando se trata da região MENA, os países menores tendem a seguir o exemplo dos Emirados Árabes Unidos.

Fonte: U.Today

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.