Empresa mineira irá emitir token atrelado ao fornecimento de café

Minasul irá lançar token vinculado ao café

De acordo com a Bloomberg, a Minasul, Cooperativa mineira de produtores de café, pretende lançar o próprio token ainda neste mês.

O ativo foi anunciado durante o Fórum Mundial dos Produtores de Café em Campinas-SP, e aparentemente será atrelado ao fornecimento do grão.

De acordo com José Marcos Magalhães, presidente da empresa, o token poderá ser utilizado por produtores para a aquisição tanto de itens referentes ao plantio, como maquinário e fertilizantes, quanto comida ou carros. Segundo ele, os interessados podem adquirir o ativo negociando safras atuais e futuras, sendo 30% da atual, 20% da próxima, e 10% da seguinte.

“Permitir este tipo de financiamento digital irá reduzir custos para cooperativas e produtores porque não requer registro em cartório.”, disse Magalhães.

Estando entre as maiores cooperativas vinculadas ao ramo do café no Brasil, a Minasul está engajada em um projeto de digitalização, incluindo a venda de café por meio de transações móveis.

A iniciativa é uma das primeiras do tipo no Brasil, que em relação a outros países, está dando passos lentos em direção ao mercado de criptomoedas.

Anteriormente o WeBitcoin noticiou que de um modo geral, a população brasileira não é muito fã das moedas digitais. De acordo com uma pesquisa, os brasileiros encontram dificuldade em relação à falta de conhecimento e confiabilidade no setor, o que acaba afastando muitos investidores.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli