Entenda a diferença entre Blockchain e Internet das Coisas

Entenda mais sobre o que é Blockchain e Internet das Coisas (IoT), e como as duas podem trabalhar juntas

Os termos Blockchain e Internet das Coisas (IoT) geralmente aparecem lado a lado, embora, para entender as verdadeiras implicações dessas revoluções tecnológicas, precisamos realmente entender o que são cada uma e como podem trabalhar juntas. 

A blockchain como você provavelmente sabe, é uma rede segura e descentralizada que pode automatizar uma variedade de processos e fornecer soluções de armazenamento. A criptomoeda é um ótimo exemplo de produto que pode existir na blockchain, embora a blockchain não se limite apenas ao financiamento, a blockchain pode ser usada para facilitar uma variedade de processos, de jogos até trilhas de auditorias. 

A internet das coisas ou IoT, refere-se a uma ideia mais ampla, na medida em que a internet está prestes a evoluir para uma nova fase. Tradicionalmente, a internet é uma rede de conectividade que permite aos usuários usar computadores como um portal para acessar dados e informações. A IoT leva esse passo adiante e se refere a esses computadores e dispositivos como interconectados, coisas que funcionam juntas e coisas que tê uma conexão com a Internet e outras tecnologias. 

Usando o smartphone de exemplo, ele permite não apenas usar a internet, mas também interagir com ela. 

É importante entender como a tecnologia blockchain e a IoT podem trabalhar juntas. Isso permite que projetos como o IOTA existam.

A IoT pode ajudar a blockchain a crescer e, de fato, a tecnologia blockchain pode ajudar a melhorar as perspectivas de nosso mundo crescente da IoT. 

De acordo com Jaxenter: 

“A blockchain por si só é apenas a espinha dorsal tecnológica: as empresas precisam de uma maneira de se conectar a essa tecnologia para interagir e obter valor com isso. Isso significa integrar a tecnologia blockchain aos aplicativos e plataformas que as empresas já usam – como Salesforce ou SAP – para obter acesso aos dados em um formato que possa ser usado. A adição da tecnologia IoT e o uso da blockchain para compartilhar os dados em breve se tornarão tão comuns para os fabricantes quanto as correias transportadoras automatizadas ou otimizações básicas de processo. Os benefícios potenciais são tão amplos e os custos relativos tão baixos que apenas uma pequena parcela dos fabricantes decidirá que a tecnologia não vale a pena”.

A blockchain deve ser vista como o esqueleto e a estrutura muscular quando a IoT é o cérebro, a pele e a personalidade da blockchain. Juntos, os dois podem ajudar a mudar o mundo em que vivemos. 

Imagem Geralt por Pixabay.

Fonte: CryptoDaily

Foto de Mirian Romão
Foto de Mirian Romão O autor:

Graduada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-Graduada em Comunicação em Redes Sociais.

mirian_romao