Entenda o que pode ter causado a nova alta do Bitcoin

Provável causa da valorização é identificada

No dia 2 de abril o valor do Bitcoin saltou de US$4213 para US$4849 em menos de uma hora, registrando a considerável valorização de mais de 15%. O ativo chegou a ser negociado a US$5100, valor não visto desde novembro de 2018.

Ao longo do dia várias foram as especulações sobre o que poderia ter causado a alta repentina, e até mesmo o CEO da Binance, Changpeng Zhao, brincou com o ocorrido, afirmando que não tinha ideia do que aconteceu, mas que todos deveriam continuar o que estavam fazendo pois “claramente funcionou”.

O motivo que para muitos ficou obscuro, para o Executivo Chefe do BCB Group, Oliver von Landsberg-Sadie, estava bem claro.

De acordo com Oliver, a alta provavelmente foi impulsionada por um pedido avaliado em aproximadamente US$100 milhões nas exchanges Coinbase, Bitstamp e Kraken. Segundo ele, “houve uma única ordem gerenciada por algoritmos em três locais, de cerca de 20 mil BTC.”

“Se você observar os volumes em cada uma dessas três exchanges, havia em sincronia, unidades de volume de cerca de 7 mil BTC em uma hora”.

Logo após o pico, registrado durante a madrugada, a moeda passou a ser negociada em torno de US$4750, finalizando o dia com o valor de US$5027, rompendo novamente a barreira. Durante a madrugada do dia 3 o Bitcoin atingiu o valor de US$5043, mas sofreu uma pequena correção logo em seguida.

Mesmo com o caso apontado por Oliver, analistas afirmam que ainda não há nenhum evento específico a ser apontado como causador da alta.

Em março o WeBitcoin noticiou que a exchange Mt Gox possui um fundo de 141.000 BTC e 142.000 BCH que será utilizado para ressarcir os usuários que acabaram sofrendo com o hack que desviou milhares de Bitcoins em 2014. Como muitos especulam que a grande queda após a alta histórica pode ter sido causada pelo “despejo” dos ativos roubados no mercado, analistas se mostraram preocupados com o impacto que a chegada de mais de 140 mil Bitcoins podem causar na indústria, ainda mais agora que o ativo está aos poucos se recuperando.

Com uma capitalização de mercado de US$87.557.923.920, o Bitcoin possui o valor unitário de US$4969 no momento da escrita, de acordo com o CoinMarketCap.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli