Entenda se o Bitcoin é realmente a melhor aposta para 2021

Segundo o analista Akash Girimath, autor do conteúdo apresentado nesse texto, a chave para esse assunto está na mineração

Nem o Bitcoin nem qualquer uma das altcoins populares do mercado são as melhores apostas para obter o máximo retorno. Sim, o Bitcoin mais que triplicou no ano passado e sim, espera-se que faça algo semelhante na próxima bull run, mas não fará, e isso se dá graças a espinha dorsal da indústria de Bitcoin – os mineradores.

O aumento do preço do Bitcoin excedeu as expectativas de todos, com a criptomoeda não muito longe de sua ATH de $ 42.000, até o momento. Claramente, isso desviou o interesse institucional para o BTC como um ativo de investimento alternativo. Na verdade, muitas instituições estão comprando Bitcoin e investiram nele acima de US$ 30.000, esperando que subisse mais.

Seja como for, a indústria de mineração de Bitcoin é aquela que vai explodir mais do que o preço do BTC, e aqui está o porquê.

Preço do Bitcoin vs mineradores – o ciclo

Em suma, um aumento no preço do Bitcoin tem um efeito cíclico. Tudo começa com a antecipação de um preço mais alto, algo que leva investidores com capital para o ecossistema. Isso empurra o preço para cima, levando a bons lucros e atraindo mais investidores. No entanto, para sustentar a entrada de novo capital, os mineradores de Bitcoin precisam minerar novos blocos. Um aumento repentino no preço do Bitcoin leva os mineradores a lucrar mais. Neste ponto, os mineradores têm mais BTCs que valem mais do que o normal, levando-os a segurar as moedas.

Quanto mais moedas os mineradores seguram, menor é a pressão de venda que toda a indústria enfrenta. Isso causa uma escassez de oferta, empurrando o preço do Bitcoin para cima. Isso causa duas coisas: atrai mais investidores e, eventualmente, atrai mais mineradores para minerar Bitcoin, fazendo com que o hashrate e a dificuldade aumentem para equilibrá-lo.

Ao contrário de comprar Bitcoin, a indústria de mineração não se trata apenas das recompensas ganhas pela mineração. Envolve fabricantes de mineração, fabricantes de chips, competidores de mineração, entre outros.

À frente da curva

Claramente, líderes da indústria como Binance, OKEx e Huobi estavam à frente da curva desde que lançaram seus pools de mineração em 2020. Isso não apenas tornou as exchanges mais ricas diretamente de sua incursão na mineração, mas também forneceu às exchanges a liquidez dos BTCs minerados. Mesmo players americanos do mercado como Coinbase, Digital Currency Group, Blackcap, etc., direta ou indiretamente, entraram no mercado em antecipação a essa demanda.

Embora este seja um grande lado da indústria de mineração, há outro lado que fornece as instalações necessárias para manter a bola rolando – empresas que fornecem capital aos mineradores ou os financiam. Até o momento, a Genesis tem sido a empresa mais popular a fazer isso. Mais recentemente, a Galaxy Digital estabeleceu o Galaxy Digital Mining, um desenvolvimento que, de acordo com um comunicado de imprensa, existe para:

“Oferecer soluções de gerenciamento de risco e comércio, empréstimos principais e investimentos de capital, e serviços de consultoria de fusões e aquisições para mineradores de Bitcoin. Além de fornecer serviços financeiros para mineradores, o Galaxy Digital Mining também irá minerar Bitcoin em uma base proprietária.”

Embora uma complexa rede de indústrias esteja trabalhando em conjunto, a indústria de mineração será o setor a testemunhar grandes melhorias e adoção nos próximos anos.

Fonte: AMBCrypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.