Entidade da ONU usará Blockchain para ajudar refugiados na Jordânia

ONU Mulheres utiliza sistema de transferência de renda por meio da tecnologia

Segundo comunicado da Organização das Nações Unidas, a ONU Mulheres fará uso do blockchain para distribuir renda nos campos de refugiados da Jordânia.

Leia mais: IBM quer patentear sistema de segurança para drones em blockchain

A entidade é uma ramificação da ONU destinada a disseminar igualdade de gênero e empoderamento feminino.

Com o apoio do Programa Alimentar Mundial, a tecnologia será utilizada nos campos de Zaatari e Azraq. Juntos, os campos somam dais de 115000 refugiados.

WeBitcoin: Entidade da ONU usará Blockchain para ajudar refugiados na Jordânia

A solução se baseia no projeto “Building Blocks” do Programa Alimentar, que já ajudou mais de 70 mil refugiados. O projeto utiliza identificação ocular, conectando cada íris à uma conta no blockchain, descartando a necessidade de dinheiro ou cartão.

A entidade também oferece cursos de alfabetização financeira, no qual os participantes acompanham suas compras no sistema do Building Blocks.

Leia mais: MyEtherWallet lança carteira de criptomoedas mobile para iOS

Ademais, a Organização discutirá o uso do blockchain em pró do bem social durente 73ª Sessão da Assembléia Geral, que acontecerá no fim do mês.

FONTE: COINTELEGRAPH