Estado de Nova York concede BitLicense a mais uma operadora de caixas eletrônicos de Bitcoin

A empresa é uma das primeiras da categoria a obter a licença

Recentemente o NYDFS (Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York) concedeu uma Bitlicense à Cottonwood Vending LLC, operadora de caixas eletrônicos de Bitcoin (BTM).

A empresa já possui terminais na cidade de Nova York e arredores. De acordo com um post no Twitter, a concessão deste tipo de licença “continua a promover inovação responsável na indústria fintech de Nova York”.

Os BTMs consistem em quiosques touchscreen que permitem que os usuários depositem quantias em dinheiro e comprem e vendam Bitcoin, além de escanear sua wallet móvel e disponibilizar serviços de saque.

Como noticiado pelo WeBitcoin em novembro do último ano, o NYDFS concedeu a Bitlicense à Coinsource, primeira operadora de BTMs a adquirir a licença. De acordo com o NYDFS, a decisão de conceder a licença seguiu uma completa e abrangente revisão das aplicações da Coinsource, além de submeter a empresa a significativas condições regulatórias.

O projeto das BitLicenses foi introduzido no NYDFS por Benjamin Lawsky em julho de 2014. Lawsky foi o primeiro Superintendente de Serviços Financeiros de Nova York. Atualmente, a aquisição da licença é reconhecida no mercado das criptomoedas e blockchain como um passo necessário para conduzir negócios no estado.

Empresas que recebem esta licença estão sujeitas a seguir determinados padrões AML (antilavagem de dinheiro) e contra o financiamento do terrorismo. Outros requisitos incluem registros de transações mantidos por 10 anos e verificação de antecedentes dos funcionários.

Diversas empresas da criptoesfera procuram adquirir uma BitLicense.

Em julho de 2018 a BitPay recebeu uma licença.

“O estado de Nova York possui uma das políticas mais rígidas em torno de negócios relacionados a criptomoedas, e trabalhar com processos de aprovação para obter uma licença era importante para a BitPay. Acreditamos que este trabalho árduo irá valer a pena, visto que Nova York apresenta oportunidades significativas de negócios para a BitPay”, disse Stephen Pair, CEO da BitPay na época da aquisição.

FONTE: COINTELEGRAPH

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli