Cerca de 13% dos estadunidenses desbancarizados usam criptomoedas para pagamentos e transferências

Cerca de 13% dos estadunidenses desbancarizados usam criptomoedas para pagamentos e transferências
Adoção cripto aumentou entre os desbancarizados. Imagem: Reprodução.

A adoção de criptomoedas está crescendo nos Estados Unidos e, de acordo com uma pesquisa do Federal Reserve (FED), os desbancarizados estão liderando a revolução.

As criptomoedas se tornaram um tópico relevante para o FED. De acordo com o site CryptoPotato, esta é a primeira vez que eles são incluídos em uma de suas pesquisas para entender melhor as experiências dos consumidores adultos com pagamentos emergentes.

Em 23 de maio, o Federal Reserve dos EUA divulgou uma pesquisa intitulada “Bem-estar econômico das famílias dos EUA em 2021”, que incluiu vários tópicos relacionados ao envolvimento dos estadunidenses com as criptos.

A pesquisa foi realizada entre 11.000 estadunidenses adultos entre outubro e novembro de 2021 para saber mais sobre sua situação econômica e que tipo de investimentos eles faziam.

“Aqueles que detinham criptomoedas puramente para fins de investimento tinham uma renda desproporcionalmente alta.”

Além disso, a pesquisa concluiu que houve um aumento, em relação ao ano passado, de pessoas que utilizam criptos como forma de investimento, superando até mesmo aqueles que as utilizaram para transações ou compras. Isso se traduz em maior confiança por parte dos investidores adultos.

Para que são usadas as criptomoedas nos EUA?

Doze por cento dos adultos pesquisados ​​disseram que compraram criptomoedas apenas para fins de investimento. Em comparação, 2% disseram que as usavam para comprar produtos ou enviar dinheiro para familiares ou amigos.

Apenas 1% dos entrevistados disseram que usaram suas criptos para enviar dinheiro para familiares ou amigos fora do país. Isso mostra que poucas pessoas nos Estados Unidos ainda preferem os serviços tradicionais de remessa ou mesmo a estrutura bancária herdada para transferências internacionais de dinheiro.

unnamed 1
Fonte: US Federal Reserve

13% dos adultos desbancarizados usam cripto como meio de pagamento

De acordo com os resultados da pesquisa, 99% das pessoas que investem em criptomoedas sem usá-las para transações também possuem conta bancária. Em contraste, 13% dos desbancarizados são mais propensos a usar criptomoedas como meio de pagamento, em oposição a puro investimento ou especulação.

“99% daqueles que investem em cripto, mas não as usam para transações, tinham uma conta bancária e 89% dos investidores não aposentados tinham pelo menos algumas economias de aposentadoria.”

Além disso, o FED indicou que 27% dos desbancarizados que não têm cartão de crédito usam criptomoedas para transações, enquanto 7% dos sem banco e sem cartão de crédito usam cripto como investimento.

Em geral, o relatório mostrou que a adoção de criptomoedas nos EUA está crescendo e que mais pessoas desejam investir em nelas antes de realmente usá-las como meio de pagamento ou substituto de dinheiro. Isso pode não ser uma surpresa, considerando que há um número crescente de políticos pressionando por maneiras de promover o uso das criptos e impulsionar a indústria.

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.