Ether avança 4%, mercado apresenta ligeira recuperação

Grandes criptomoedas, incluindo Ether, Bitcoin Cash e Ripple, apresentaram ganhos que variam entre 4% a 12%, enquanto o mercado das criptomoedas demonstrou um aumento de US$13 bilhões nas últimas 24 horas.

Leia mais: Empresa de jogos indie, Fig, adquire empresa desenvolvedora de blockchain do Reino Unido

Ether, Bitcoin Cash e Ripple

Geralmente, grandes criptomoedas e pequenos tokens tendem a seguir a tendência de valor do Bitcoin e, dependendo da performance da criptomoeda dominante, a vasta maioria das criptomoedas do mercado apresentam ganhos ou perdas com amplas margens.

Em 3 de junho, o mercado experienciou uma tendência reversa. O valor da BTC falhou em se movimentar de forma convincente acima dos US$7700, enquanto Ether, Bitcoin Cash e Ripple passaram por apreciações substanciais nas últimas 24 horas. Tokens, incluindo Ontology e Zilliqa, apresentaram ganhos de até 12%, saindo-se melhor que a BTC.

A escalada de criptomoedas voláteis como Ripple, Bitcoin Cash, Ontology e Zilliqa demonstram a disposição dos investidores em se arriscarem mais, apesar do período de recuperação e alta volatilidade.

Em relação ao dólar, a Ether se saiu particularmente bem, iniciando sua primeira escalada de correção desde 7 de abril. Desde 28 de maio, o valor da criptomoeda já saiu de US$500 e atualmente está em US$617, um aumento de quase 24%.

Contudo, traders não estão confiantes da performance de curto prazo do mercado e das grandes moedas digitais, incluindo Ether e bitcoin, tendo em vista seus baixos volumes. Atualmente, a Ether exibe o quarto maior volume de troca (cerca de US$1,9 bilhão), atrás de BTC, Tether e EOS. O grande volume de troca da Tether, criptomoeda cujo valor é pareado com o dólar americano, mostra que uma significativa parcela dos traders estão utilizando a moeda como depósito de valor para outras criptomoedas, o que pode ocasionar uma queda a médio prazo.

Embora a Ether tenha aumentado seu valor com uma ampla margem durante a última semana, seu volume de troca durante os últimos cinco dias é apenas um terço em comparação ao volume apresentado em 7 de abril, quando a correção se iniciou.

O volume de troca diário do Bitcoin está na marca dos US$5 bilhões, algo substancialmente baixo, tendo em vista que o volume estava bem acima dos US$10 bilhões há alguns meses. Considerando o pequeno movimento no valor da BTC e os fracos volumes das outras grandes criptomoedas, é possível que o mercado tenha dificuldades para manter o impulso durante os próximos dias, passando por uma leve correção.

Leia mais: Vitalik Buterin afirma que Ethereum eventualmente processará 1 milhão de transações por segundo

Otimismo a médio prazo

Investidores geralmente são otimistas quanto à tendência de médio prazo da BTC e o mercado das criptomoedas. Contudo, conforme ressaltou Ari Paulo, da Blocktower, investidores institucionais devem demorar de três a seis meses para adentrarem o mercado das criptomoedas com dezenas de bilhões de dólares e, até lá, ainda é incerto se o mercado já terá iniciado uma corrida em direção à região dos US$800 bilhões.

“Custódia não é algo binário. Não é como se a custódia da Coinbase fosse lançada e, imediatamente, todo mundo começaria a depositar US$100 milhões em BTC. Leva tempo até que as soluções de custódia adquiram confiança. Contudo, eu acredito que nós já teremos sólidos serviços de custódia terceirizados até setembro deste ano,” ressaltou Paul.

Leia mais: Ripple adiciona mais duas empresas de transferência à sua rede de pagamentos, uma delas é brasileira

Fonte: CCN