Ethereum Classic: desenvolvedor core abandona o projeto

Wei Tang alegou razões éticas para deixar a Ethereum Classic

Wei Tang explicou que a rede pós-Phoenix Ethereum Classic (ETC) quebrou a lógica da integridade de consenso da Ethereum, especificamente em termos de imutabilidade. Em um post detalhado do blog, Tang descreveu o papel dos principais desenvolvedores como os guardiões que equilibram as escolhas dos usuário e a integridade do consenso. Em termos da recente atualização Phoenix da rede ETC, ele descreveu dois estados – pré-hard fork e pós-hard fork.

https://twitter.com/sorpaas/status/1271473566693933056

“Decidi descontinuar o meu suporte da Ethereum Classic, $ ETC. Expliquei meu raciocínio neste post do blog. (1/4)”

Ele afirmou que as regras gerais desse saldo podem ser resumidas da seguinte forma para os dois estados:

Os desenvolvedores principais devem, antes de um hard fork, maximizar as opções para os usuários e pós-hard fork, minimizar a possibilidade de divisões. Esses máximas foram quebradas na rede pós-Phoenix Ethereum Classic (ETC). A equipe principal da blockchain decidiu quebrar alguns contratos inteligentes de baixo valor que já estavam implantados na rede principal da ETC Phoenix.

Tang lembrou-se do mesmo ocorrido durante a bifurcação DAO que dividiu a rede Ethereum (ETH) da Ethereum Classic (ETC). Portanto, os desenvolvedores da ETC falharam em aprender com os erros de seus antecessores.

Tecnologia e Ethos

Além disso, Tang revelou os problemas éticos que afetaram a essência descentralizada e livre da blockchain ETC. Segundo ele, a Ethereum Classic (ETC) herdou a abordagem inicial de multi-implementação da Ethereum, mas não conseguiu fazer o mesmo com sua cultura colaborativa.

Wei Tang lembrou uma série de conflitos internos, questões de plágio de codificação e ataques públicos agressivos entre desenvolvedores de diferentes implementações.

Ocupado demais com esses conflitos, o ecossistema de desenvolvimento da Ethereum Classic falhou em solucionar os erros em seu código. Seus principais recursos foram gastos para conflito. Provocações e atitudes ‘não é meu problema’ tornaram-se comuns para a blockchain.

Apesar de desejar à comunidade ETC boa sorte e boa fé, Wei Tang concluiu com tristeza sobre a ETC:

“Tornou-se uma blockchain a quem não posso fornecer suporte de desenvolvimento.”

Fonte: U.Today

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.