Ethereum Hard Fork: qual a importância da retrocompatibilidade?

Muitas EIPS atrasam a atualização

A ativação de testnet da atualização mais recente estava prevista para ocorrer em 4 de setembro. Contudo, a data foi adiada para o início de outubro devido um grande número de EPIs (Ethereum Improvement Proposals, ou propostas de melhorias) enviados para revisão. Os desenvolvedores finalmente aceitaram seis deles para inclusão no pacote de Istanbul, e outros oito na atualização seguinte.

O atraso na testnet significa que a ativação da rede principal também ocorrerá um mês depois, em novembro, após a conferência dos desenvolvedores no DevCon.

Quebra de contrato na Ethereum

No entanto, o desenvolvedor da Parity, Wei Tang, levantou preocupações sobre uma das propostas de melhoria, a EPI 1884. Isso “quebrará pelo menos alguns contratos implantados”, ele twittou, dizendo que “o que me preocupa é que alguns participantes do último AllCoreDevs parecem classificá-lo com comportamento aceitável. ”

Ele continuou dizendo:

“Para a engenharia de software, se você estiver desenvolvendo algo em que muitas pessoas dependem, a compatibilidade com versões anteriores é uma das principais prioridades para a tomada de decisões de design. Isso é especialmente importante para blockchain, porque muito dinheiro pode estar envolvido.”

Os detalhes técnicos dos problemas de compatibilidade podem ser encontrados no GitHub.

Você não pode fazer um omelete sem quebrar ovos

Embora as preocupações de Tang possam parecer válidas, é claro que existe um contra-argumento de que a obsessão pela compatibilidade com versões anteriores é contrária ao progresso.

Tang traz o exemplo do Windows da Microsoft ganhando popularidade devido à compatibilidade com versões anteriores. Embora tenha ganhado popularidade nesse período, sem dúvida caiu em um buraco negro tecnológico.

A insistência da Apple em permitir que a tecnologia antiga caia na obsolescência foi (e ainda é) amplamente criticada. Entretanto, foram precisos anos da Microsoft e muitas iterações do Windows antes de acompanhar os avanços do OS X da Apple, perdendo a compatibilidade com versões anteriores.

Se existisse apenas a Microsoft, provavelmente ainda estaríamos carregando notebooks com portas seriais e VGA.

Com preocupações sobre quanto espaço resta na blockchain Ethereum, claramente algo deve ser feito ou a tecnologia pode morrer. Com apostas tão altas, certamente alguns contratos quebrados são um preço pequeno a pagar, certo?

*Imagem de: Christine Sponchia por Pixabay

Fonte: Bitcoinist

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.