Ethereum ultrapassará o Bitcoin como a principal criptomoeda do mundo?

Vale sempre lembrar que há muito mais do que preço para se ter em conta quando falamos em um projeto cripto

Desde que foi lançado ao público em janeiro de 2009, o Bitcoin tem sido o principal player no mercado de criptomoedas. Foi também a primeira criptomoeda descentralizada, o que significa que sua vantagem vem do fato de ser o primeiro produto a chegar ao mercado.

Desde então ele continua sendo a criptomoeda mais popular, mais comentada, mais valorizada e mais capitalizada do mercado. Apesar disso, existem vários forks intencionais e acidentais que criaram várias versões do Bitcoin, supostamente com benefícios em torno da velocidade do processamento de transações. Contudo, o domínio original do Bitcoin permanece incontestado.

Em 2017 e início de 2018, a Litecoin parecia ser um concorrente para derrubar o Bitcoin, mas desde então viu seu valor e capitalização de mercado caírem drasticamente à medida que os investidores olharam para outros tokens.

Aperte enter para a Ethereum

Outro desafiante foi a Ethereum, uma criptomoeda que também fornece uma plataforma para a execução descentralizada de aplicativos. Até funciona como espinha dorsal de outras criptomoedas, incluindo estrelas em ascensão como a MakerDAO.

Atingiu um preço máximo de US$ 1.386 para um único ETH em janeiro de 2018, mas caiu para US$ 83 em dezembro de 2018. Não se recuperou disso, tendo se estabelecido em torno da marca de US$ 150-200 no ano passado.

Contudo, isso não fez com que os entusiastas da criptomoeda abandonassem a Ethereum. Atualmente muitos ainda querem comprar Ethereum além do Bitcoin ou como uma alternativa ao líder de mercado.

O “Flippening”

Durante sua ascensão meteórica, muitos comentaristas de criptomoedas estavam prevendo um evento que eles chamaram de “O Flippening”. Esse seria o ponto em que a Etherum superaria o Bitcoin como a criptomoeda mais valorizada e capitalizada do mundo.

Foram publicados artigos sobre o tema na CoinDesk e até na Forbes, discutindo quando isso poderia acontecer e o que isso significaria para o mercado de criptomoedas. Uma empresa chegou a criar um site chamado Flippening Watch para rastrear o preço de altcoins contra o Bitcoin. Desde então o site entroi em estado de ruína, com algumas funcionalidades sendo quebradas e seu blog não sendo atualizado desde 2017.

Este é um exemplo muito visível do hype exagerado em torno de “The Flippening” que acabou não se materializando.

————————————————————————————————————————————–

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: coinext.com.br

————————————————————————————————————————————–

A capitalização de mercado é irrelevante

Nos investimentos tradicionais a capitalização de mercado é importante. Ele mostra o valor total de uma empresa se todas as suas ações emitidas fossem vendidas ao preço atual. No entanto, para uma criptomoeda, essa é uma métrica sem sentido. Afinal, não há uma medida semelhante para outras moedas ou mesmo o ouro.

Portanto, é difícil até estabelecer uma métrica de como uma criptomoeda pode ultrapassar outra. Contudo, se olharmos para a capitalização de mercado, não parece haver muita chance de um “flippening” acontecer tão cedo.

Mais para a Ethereum

Além disso, a Ethereum tem mais do que ser apenas uma criptomoeda. É uma grande rede de computadores que pode ser usada para aplicativos descentralizados e até permite que os desenvolvedores criem suas próprias criptomoedas sobre sua blockchain.

Portanto, ela já tem valor para o mundo das criptomoedas e blockchain, independentemente do seu preço de venda.

Será que alguma vez competirá com o Bitcoin pelo preço da fama e valor de mercado do token? Provavelmente não no futuro próximo. Isso importa? Provavelmente não.

Fonte: The Merkle

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.