EUA irá impor sanções sobre nova criptomoeda iraniana

A medida pretende “reduzir a lavagem de dinheiro e atividades terroristas”

Na última segunda-feira, 17 de dezembro, o deputado americano Mike Gallagher apresentou um projeto de lei na Câmara dos Representantes para impor mais sanções ao Irã, incluindo o desenvolvimento e utilização da criptomoeda iraniana.

Apresentando uma tentativa de combate à lavagem de dinheiro e atividades terroristas, a Lei do Financiamento Ilícito de Bloqueio impõe sanções ao setor financeiro.

Aparentemente, o ato proíbe de modo específico transações, financiamentos ou outros negócios vinculados a uma moeda digital iraniana, introduzindo também sanções a estrangeiros envolvidos no fornecimento, venda, transferência ou posse da criptomoeda.

A norma também exige que um relatório detalhado seja enviado ao Congresso sobre o processo de desenvolvimento do ativo.

Atualmente muitos cidadãos iranianos recorrem às criptomoedas para justamente contornar as sanções, recorrendo recentemente ao desenvolvimento da criptomoeda nacional, o que poderá se tornar de inútil de certo modo, com as novas sanções.

Recentemente o WeBitcoin noticiou que, apesar das grandes quedas do Bitcoin, algumas mineradoras iranianas ainda trabalham no lucro, graças ao custo reduzido da eletricidade.

FONTE: COINTELEGRAPH

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli