Exchange Bitstamp anuncia o próprio Node na Lightning Network

Bitstamp cria node na Lightning Network para alavancar a rede

Nesta segunda-feira (8) a exchange Bitstamp comunicou em seu perfil no Twitter a criação de seu próprio node (nó) na Lightning Network.

De acordo com a plataforma, a iniciativa visa alavancar a rede e influenciar outras empresas a participar da inovação.

ELETRIFICADA: Nós acreditamos que a Lightning Network possui o potencial para desbloquear um novo nível de utilidade para o Bitcoin. Nós criamos nosso próprio node na LN para ajudar a rede a crescer e encorajar outras empresas a participar.

Como reportado anteriormente pelo WeBitcoin, a Lightning Network é uma grande solução para os problemas de escalabilidade do Bitcoin, viabilizando transações mais baratas e rápidas, que podem ser compensadas no referido blockchain. A rede é composta por canais gerados por usuários, enviando pagamentos de uma ponta a outra de forma segura.

Tendo em vista que as transações ocorrem exclusivamente de um ponto ao outro, não sendo necessária a transmissão para o resto da rede, elas são quase instantâneas, contando ainda com taxas transacionais baixas ou até inexistentes, visto que o incentivo de mineradores não é necessário.

Como explica o site da Bitstamp, cada node da LN é um software que se conecta à rede para enviar e receber Bitcoins de outros nodes. A rede é composta inteiramente de tais nós, que se conectam uns aos outros. À medida que a quantidade de nós aumenta, a rede se fortalece, visto que a liquidez aumenta.

Recentemente o WeBitcoin noticiou que a startup de pagamento Moon viabilizou uma extensão de navegador que permite a realização de compras na Amazon com Bitcoin por meio da Lightning Network. Antes do recurso Lightning, cerca de 250 usuários beta já utilizavam a plataforma para gastar criptomoedas em sites de comércio eletrônico utilizando a extensão do navegador para trocar contas como a Coinbase.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli