Exchange de criptomoedas Bithumb irá lançar plataforma descentralizada

Decisão faz parte de estratégia de expansão mundial

De acordo com a Business Korea, a Bithumb, sexta maior exchange de criptomoedas em volume diário no mundo, irá lançar uma plataforma descentralizada.

Segundo a notícia, a exchange realizou uma parceria com a One Root Netwok (RNT), empresa que trabalha com a tecnologia blockchain.

Aparentemente, a RNT desenvolveu um protocolo de transação de token descentralizado chamado “R1” com base no Ethereum. O protocolo já opera em uma exchange descentralizada chamada DEX, separando o sistema de correspondência (order matching) do sistema de execução (order execution).

De acordo com a RNT, o R1 melhora a eficiência de comparação e a segurança do processo.

Leia mais: Novogratz: Bitcoin não romperá a marca de US$9 mil este ano

Em plataformas descentralizadas, usuários podem realizar negociações p2p (peer-to-peer) através de um sistema automatizado.

Por não armazenar os ativos dos clientes, não há vulnerabilidade em casos de furto visando um ponto de ataque centralizado. Entretanto, as operações ocorrem de forma relativamente mais lenta.

Segundo um funcionário da Bithumb, a parceria com a RNT é limitada, abrangendo somente o setor descentralizado da exchange de criptomoedas.

A RNT declarou que seu projeto possui o objetivo de permitir a construção de plataformas descentralizadas e o compartilhamento de dados de transações e liquidez entre os usuários do protocolo R1, como parte de um ecossistema mais amplo.

Aparentemente, a parceria poderia representar uma estratégia de expansão global da exchange coreana.

” A Bithumb é uma das principais exchanges do mundo, mas a maioria de seus usuários é coreana. A decisão parece ser uma estratégia da empresa para competir com outras exchanges no mercado global, lançando uma plataforma descentralizada” , declarou um porta-voz da plataforma.

Até o momento, o valor sendo negociado na Bithumb é de US$336.823.439 e um total de 51.227 BTC, segundo o CoinMarketCap.

Leia mais: Dupla fingia fazer parte da CFTC para dar golpe em investidores de Bitcoin nos EUA

FONTE: COINTELEGRAPH