Fabricante de semicondutores poderá lançar 8 novas plataformas de mineração de criptomoedas

A companhia está apostando pesado na tecnologia blockchain

De acordo com o site oficial da AMD, a fabricante de semicondutores poderá formar uma parceria com sete outras empresas de tecnologia para produzir 8 novas plataformas de mineração de criptomoedas.

A Sapphire, ASUS, ASROCK, Biosatar, MSI, Raijintek e TUL se aliarão à AMD para emitir 8 plataformas distintas com “qualidade de nível corporativo”. O preço estipulado do equipamento ainda não foi divulgado.

A AMD ainda destaca que a parceria trará novas “soluções blockchain” voltadas à computação para o mercado, visando atender diversas aspirações de “plataformas inovadoras”.

O site menciona criptomoedas poucas vezes, chamadas de “caso de uso conhecido do blockchain“.

Leia mais: Bancor inicia troca de tokens entre as blockchains Ethereum e EOS

Como parte da promoção para a nova linha de hardware, a AMD lançou no final de outubro um vídeo sobre a tecnologia, explicando e detalhando os principais recursos e destacando a confiança e integridade oferecidas.

A notícia sobre a possível parceria ocorre uma semana após a divulgação do relatório financeiro do terceiro trimestre da empresa. De acordo com o relatório, as vendas de GPU relacionadas ao blockchain foram quase insignificantes. O documento ainda relatou que o preço médio de venda de GPUs foi reduzido devido à baixa procura.

Aparentemente, a AMD nem sempre foi simpatizante com a tecnologia que envolve as criptomoedas. Durante o mês de abril deste ano, Lisa Su, CEO da empresa, disse que a tecnologia era muito importante, e que possuía grande potencial em termos de transação. Entretanto, ela pontuou que, à curto prazo, o blockchain causou distrações.

Leia mais: Autoridades prendem 11 suspeitos de suposto hack em wallets de criptomoedas na Turquia

FONTE: COINTELEGRAPH

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli