Fidelity: Investimento institucional em criptomoedas irá crescer significativamente até 2024

Nova pesquisa indica crescimento nos índices de investimento institucional em criptomoedas

De acordo com uma pesquisa recentemente publicada pela corporação americana Fidelity Investments, investidores institucionais irão aumentar a busca por criptomoedas nos próximos 5 anos.

A pesquisa aponta que atualmente, cerca de 22% dos investidores institucionais possuem algum tipo de ligação com o setor, e a maioria  dos investimentos foi realizada nos últimos 3 anos. O projeto entrevistou mais de 400 instituições, das quais pelo menos 40% considera investir neste mercado até 2024.

Dentre estas, 72% prefere adquirir produtos de investimento que detenham criptomoedas, 57% demonstrou interesse em comprar os ativos diretamente, e 57% prefere produtos de investimentos que detenham companhias de moedas digitais.

De acordo com Tom Jessop, presidente da Fidelity Digital Assets, o mercado de criptomoedas atrai cada vez mais os investidores institucionais ao passo que cresce o impacto potencial da tecnologia blockchain.

WeBitcoin: Fidelity: Investimento institucional em criptomoedas irá crescer significativamente até 2024

Dentre as características das criptomoedas apontadas como “atraentes” durante a pesquisa, os investidores destacaram a inovação e baixa correlação com outros ativos. Por outro lado, as justificativas citadas como obstáculos para o investimento foram volatilidade, falta de clareza quanto à regulamentação, histórico limitado e falta de fundamentos.

Falando sobre o crescimento deste ecossistema, Jessop afirmou que a “alta atividade de transações no blockchain do Bitcoin” torna as instituições mais conscientes dos avanços do setor do que seis ou doze meses atrás, “o que é um sinal positivo para interesse e adoção contínuos”.

Anteriormente o WeBitcoin noticiou que a Fidelity lançou sua plataforma de ativos digitais, mas para um grupo seleto de clientes apenas. De acordo com a corporação, o serviço será disponibilizado aos poucos, e pretende atender as necessidades de investidores institucionais.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli