Flow: nova plataforma blockchain dos criadores do CryptoKitties

Andreessen Horowitz e Warner Music Group estão entre os que investiram US$ 11 milhões no desenvolvimento da Flow

A Dapper Labs, responsável pelo jogo CryptoKitties, baseado no Ethereum, deu mais um passo para usar o blockchain em recreação e lazer: criou a plataforma Flow, projetada para suportar aplicativos descentralizados e voltada para a indústria do entretenimento.

Entre os prováveis usos da Flow, estão desenvolvimento de jogos baseados em blockchain e geração de tokens para artistas da música e profissionais do esporte distribuírem a seus fãs. A Warner Music Group está entre as empresas que investiram um total de US$ 11 milhões no desenvolvimento da plataforma.

Como funciona

Flow é uma blockchain de Prova de Participação (Proof of Stake – PoS), o que significa que a rede é administrada pelas pessoas que possuem grandes quantidades de seus tokens. Ao evitar a Prova de Trabalho (Proof of Work – PoW), usada pelo Bitcoin, a plataforma economiza energia. De acordo com Dieter Shirley, CTO da Dapper Labs, a rede será escalável, capaz de lidar com um grande número de transações, mas sem o uso de métodos como o sharding, que a Ethereum está tentando implementar.

“Criamos a Flow como base para um ecossistema rico e descentralizado em escala de consumidor”, diz Shirley.

Para marcar a ocasião, a Dapper Labs fez parceria com a Ubisoft, responsável por franquias de sucesso como Assassin’s Creed e Far Cry, e a Animoca Brands, cujo catálogo inclui Crazy Defense Heroes e Crazy Kings, entre outros. A ideia é usar a Flow no desenvolvimento de novos jogos.

Fonte: Decrypt

Foto de Simone Gondim
Foto de Simone Gondim O autor:

Jornalista, revisora e roteirista, apaixonada por tecnologia e especializada em conteúdo.

https://www.instagram.com