Fundador da Morgan Creek sugere que todas as exchanges deslistem Bitcoin SV

Pompliano sugere remoção simultânea do ativo

Recentemente fundador da Morgan Creek, Anthony Pompliano, sugeriu em seu perfil no Twitter que todas as exchanges do mercado deslistem o Bitcoin SV (BSV) no dia primeiro de maio como um “sinal de solidariedade”.

WeBitcoin: Fundador da Morgan Creek sugere que todas as exchanges deslistem Bitcoin SV

“Todas as exchanges deveriam deslistar BSV simultaneamente em 1º de Maio em um sinal de solidariedade por trás do único Bitcoin que já importou.

Esta comunidade é responsabilidade das pessoas. Algumas vezes devemos fazer algo difícil, não porque é fácil, mas porque é o correto.

A publicação faz referência ao recente ocorrido envolvendo Craig Wright, responsável pelo BSV e autointitulado Satoshi Nakamoto, e Hodlonaut, criador da Lightning Torch.

Como relatado pelo WeBitcoin, Wright ameaçou abrir um processo contra Hodlonaut após este realizar uma série de publicações alegando que o outro era uma fraude.

Hodlonaut não era o único, visto que desde que Wright se auto-declarou o criador do Bitcoin, a comunidade criou vários memes e hashtags desacreditando-o, e Craig acabou ganhando o apelido de Fakesatoshi.

O suposto processo gerou muita revolta no setor, e vários nomes de importância, como o CEO da Binance Changpeng Zhao, se posicionaram a favor de Hodlonaut. Zhao chegou a dizer que removeria o Bitcoin SV da listagem da exchange se o caso fosse para frente, acrescentando que Wright não era Satoshi.

A sugestão de Pompliano é um tanto extrema, mas não é provável que todas as plataformas considerem aderir. Já a ameaça de Zhao, por vir do CEO da maior exchange do mercado, pode gerar um impacto significativo.

Com uma capitalização de mercado de US$1.250.921.615, o Bitcoin SV apresenta o valor unitário de US$70,58 no momento da escrita, de acordo com o CoinMarketCap.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli