Futuros de Bitcoin da CME Group registram grandes volumes este ano. O que há por trás desse crescimento?

Seguindo a alta do BTC, futuros de Bitcoin da CME Group te tido boa procura em 2020

Os futuros de Bitcoin (BTC) oferecidos pela CME Group, com sede em Chicago, tiveram sete sessões com mais de US$ 500 milhões em volume de negócios, de acordo com o provedor de dados de criptomoedas Skew. Esse interesse revivido na negociação de futuros do Bitcoin coincidiu com a principal recuperação do BTC acima do nível de US$ 9.000.

Futuros de Bitcoin da CME Group

CME Group atrai mais traders de Bitcoin

Para colocar as coisas em perspectiva, houve apenas uma semana em que a bolsa de futuros líder registrou esses números de setembro a dezembro de 2019. Durante o período mencionado, o Bitcoin experimentou uma queda de 40%, passando de quase US$ 11.000 para o seu fundo local de US$ 6.440 .

Por causa de problemas geopolíticos, o Bitcoin tem se provado como um porto seguro global, que se acredita ser a principal razão por trás de sua alta de preço. Como informou o U.Today, o CEO da CME Group comparou recentemente o Bitcoin ao ouro, alegando que “mais e mais” pessoas estavam participando das negociações de futuros de BTC.

Bakkt quebra seu recorde de interesse aberto

A rival da CME, Bakkt, entrou no cenário regulamentado de negociação de criptomoedas com seus futuros de Bitcoin apoiados fisicamente em setembro. Naquela época, o início lento da subsidiária da ICE foi atribuído à queda maciça do mercado de cripto que ocorreu em setembro. Contudo, lenta mas constante, começou a registrar volumes de negociação decentes.

Em 6 de fevereiro o interesse aberto da Bakkt (o número total de contratos em aberto) atingiu um novo recorde, apesar de seu volume ser significativamente menor do que era no início do ano.

Bitcoin Futures

Ainda há expectativa por mais crescimento durante todo o ano de 2020, principalmente pela proximidade com o evento do Halving. Aos interessados, certamente vale muito a pena ficar de olho.

Fonte: U.Today

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.