Gabor Gurbacs manda CEO da Allianz “calar a m*rda da boca” em relação às criptomoedas

“A Allianz deveria fechar o bico com qualquer coisa relacionada a cripto e seguros”

Após o CEO da Allianz se posicionar negativamente sobre as criptomoedas, Gabor Gurbacs, CEO da VanEck, declarou que a seguradora não estava em posição de adotar uma pose de superioridade moral sobre investidores e empresas de cripto, mandando Andreas Utermann “calar a m*rda da boca”.

Em seu perfil no Twitter, além de advertir o CEO, Gurbacs citou um acidente sofrido por sua mãe, que deveria ter recebido auxílio da Allianz.

“Minha mãe quase morreu em um acidente de carro anos atrás. Todas as lesões teoricamente cobertas por apólices de seguros da Allianz. Eles não pagaram quando mais precisávamos de cobertura. A Allianz deveria fechar o bico com qualquer coisa relacionada a cripto e seguros”

No inicio desta semana, o CEO da Allianz virou notícia ao redor do mundo por demonstrar clara antipatia pelas criptomoedas durante um comitê londrino. De acordo com ele, os ativos deveriam ser proibidos “ao estilo chinês”. Apontou ainda que as moedas digitais não oferecem nenhum valor regulado, devendo ser tratadas do mesmo modo que esquemas Ponzi ou redes de lavagem de dinheiro.

A colocação não foi bem aceita pela comunidade de critpo, tomando o CEO da VanEck como exemplo. Segundo ele, aos invés dos ativos digitais, são as seguradoras que devem ser reguladas com “mão de ferro”, devido ao hábito de enganar de forma recorrente seus clientes e intencionalmente vender produtos inadequados.

FONTE: CCN