Ganhador do Nobel de Economia quer abolir as criptomoedas

Joseph Stiglitz afirma que as criptomoedas não oferecem transparência e cita uso em casos ilícitos

Com o crescimento do mercado de criptomoedas e sua influência na economia, muitos especialistas passaram a apontar os pontos negativos da tecnologia e como ela pode afetar o equilíbrio do mercado mundial.

Este é o caso de Joseph Stiglitz, famoso escritor e economista que ganhou o Prêmio Nobel de Economia em 2001.

De acordo com ele, o sistema de pagamento eletrônico apresenta muita eficiência, e caso os governos possam ter acesso a um banco de dados contendo informações sobre todos os gastos e transações realizadas pela população, poderiam proporcionar um gerenciamento econômico melhor. Tal empreendimento, no entanto, não seria possível caso os indivíduos optassem pelo uso contínuo das criptomoedas.

O economista aponta que os ativos não oferecem transparência e são muito utilizados para acobertar atividades ilegais, como lavagem de dinheiro.

“Se quisermos uma economia mais eficiente, sem essas atividades ilícitas, eu acredito que devemos ir em direção a mecanismos de pagamento eletrônico”.

Stiglitz acrescenta que não há necessidade de recorrer aos criptoativos, visto que a população possui acesso a um ativo melhor e mais estável, o dólar americano, afirmando que a moeda possui muitos atributos que os ativos digitais ignoram.

O economista conclui seu discurso afirmando que acredita que as criptomoedas deveriam ser abolidas.

Anteriormente o WeBitcoin noticiou que uma pesquisa realizada pelo deVere Group aponta que cerca de 70% dos milionários do mundo possuem investimento em criptomoedas ou pretendem investir nos próximos anos. De acordo com Nigel Green, CEO da empresa, “criptomoedas são o dinheiro do futuro – e o futuro é agora”.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli