Gemini ultrapassa US $ 25 bilhões em criptomoedas sob gestão em meio à crescente demanda institucional

Gemini Custody atinge marco de US $ 25 bilhões conforme aumenta a demanda institucional

A exchange de criptomoedas dos EUA Gemini atingiu um marco ao anunciar que seus ativos de criptomoedas sob gestão (AUM) ultrapassaram US $ 25 bilhões pela primeira vez. Isso se deve à crescente demanda dos  investidores institucionais.

A empresa de custódia de propriedade dos conhecidos Tyler e Cameron Winklevoss divulgou esse feito em um comunicado divulgado na terça-feira. A Gemini afirmou que seu AUM mais do que dobrou desde o início de 2021.

A Gemini se tornou uma plataforma líder para investidores institucionais. De acordo com a empresa, seus serviços são usados ​​por alguns dos maiores gestores de ativos do mundo, fundos de hedge, firmas de trading e tesourarias corporativas.

Alguns deles incluem BlockFi, Block change CoinList, CI Global Asset Management, DAiM, BTG Pactual, Caruso e Eaglebrook Advisors.

Existem tantas razões pelas quais muitas instituições buscam a Gemini para trabalhar com cripto.

A exchange, que foi lançada em 2015, é considerada a primeira exchange de Ethereum licenciada do mundo. É uma das exchanges de criptomoedas mais compatíveis em todo o mundo.

A Gemini é compatível com SOC 1 Tipo 2 e SOC 2 Tipo 2, conforme declarado em seu lançamento. Foi também a primeira casa de câmbio digital a concluir uma avaliação SOC 2 Tipo 2, que provou sua segurança operacional em 2020.

Além de ser uma exchange com um braço de custódia, a Gemini também tem um serviço de gestão de fundos chamado Gemini Fund Solutions, lançado no mês passado. O serviço oferece aos gestores de fundos uma gama de ferramentas e serviços de mercado de capitais para expandir seus serviços de fundos cripto

Exchange dos irmãos Winkerlevoss fornece serviços de custódia para provedores canadenses de ETF

A Gemini lançou seu braço Fund Solutions para apoiar gestores de fundos com fundos baseados em ativos digitais, incluindo fundos de Bitcoin negociados em bolsa (ETF). Até agora, ajudou a lançar alguns ETFs de Bitcoin na América do Norte, com a Purpose Investments.

A Geminin planeja custodiar e executar negociações para o maior banco de investimentos do Brasil, o BTG Pactual.

O Bitcoin 20 Multi-Market Investment Fund do BTG Pactual é o primeiro fundo lançado por um banco de investimento brasileiro que oferece exposição ao Bitcoin.

Os braços Gemini Custody e Gemini Fund Solutions fornecerão serviços personalizados para o fundo.

Os gêmeos Winklevoss têm sido grandes defensores das criptomoedas desde o início. Por meio de seu Winklevoss Capital Management, eles também fornecem financiamento inicial e suporte para startups de criptomoedas em estágio inicial.

Os próprios Tyler e Cameron Winklevoss já se inscreveram para um Bitcoin ETF nos Estados Unidos. Isso foi em 2013, mas seu pedido foi rejeitado pela Securities and Exchange Commission (SEC).

Os EUA também rejeitaram muitos outros pedidos de ETF ao longo dos anos, apesar do entusiasmo gerado por pessoas que pensam que os ETFs trariam mais maturidade e estabilidade ao mercado.

Fonte: BTC EG

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.